Você sabe como fazer um TCC? Aprenda agora em 7 passos

O trabalho de conclusão de curso é uma etapa de extrema importância na jornada rumo ao diploma de graduação. No entanto, embora seja uma exigência na maioria dos cursos, muitos estudantes ainda chegam aos últimos anos de faculdade com muitas dúvidas sobre como fazer um TCC.

Esse trabalho é uma dissertação científica que deve ser elaborada seguindo uma estrutura específica e obedecendo a certas normas. Conhecer todas essas regras é fundamental para que o aluno conquiste uma boa avaliação e, assim, consiga se formar.

Neste artigo, trouxemos algumas dicas essenciais para ajudá-lo a entender, de uma vez por todas, como fazer um TCC de qualidade. Confira!

1. Escolha o tema

Antes de tudo, você precisa escolher o tema do seu TCC. Para isso, porém, não basta apenas optar por qualquer assunto relacionado à sua área de formação. O ideal é que o tema do trabalho seja do seu interesse — o que torna todo o processo mais instigante e satisfatório —, mas que também tenha alguma relevância para outras pessoas.

Nesse sentido, evite escolher um tema que já esteja muito saturado no meio acadêmico, pois você correria o risco de não conseguir acrescentar nada de novo ao seu trabalho. Por outro lado, deve ser um assunto sobre o qual haja referencial teórico disponível, uma vez que você vai precisar disso no desenvolvimento do TCC.

Outro detalhe importante é a delimitação do tema escolhido. Se você resolveu falar sobre o ensino de língua estrangeira na educação básica, por exemplo, tente uma abordagem mais específica. Logo, o seu tema poderia ser algo como o ensino de língua estrangeira para alunos do ensino médio das escolas públicas da sua região.

2. Faça uma pesquisa bibliográfica

Assim que definir o tema do seu TCC, comece a fazer uma pesquisa aprofundada sobre ele. Leia livros, artigos acadêmicos, revistas científicas — toda e qualquer fonte segura de informação. Você não vai utilizar tudo, mas precisa realizar uma pesquisa abrangente para ter condições de selecionar muito bem as fontes a serem utilizadas no trabalho.

Sempre que encontrar uma fonte interessante, faça resumos, fichamentos e destaque as melhores citações, guardando todas essas informações de maneira organizada. Isso facilitará bastante o processo de escrita da dissertação nas etapas seguintes.

3. Conheça a estrutura do TCC

O trabalho de conclusão de curso, assim como qualquer outro tipo de trabalho acadêmico, deve ser estruturado de acordo com algumas regras. Em geral, o TCC apresenta a seguinte estrutura:

Elementos pré-textuais

Os elementos pré-textuais, como o próprio nome indica, são as folhas que precedem o texto do trabalho.

  • capa: traz o nome do aluno na parte superior da folha, a cidade e o ano na parte inferior, e o título no centro;

  • folha de rosto: é parecida com a capa, mas com o acréscimo de uma breve descrição do trabalho logo após o título;

  • folha de aprovação: inclui a data de aprovação do TCC, a identificação dos membros da banca examinadora e um espaço próprio para suas assinaturas;

  • dedicatória: é um elemento opcional que serve para dedicar o trabalho a alguém especial para o estudante;

  • agradecimentos: mais um elemento opcional que abre espaço para o aluno agradecer às pessoas que o apoiaram em sua jornada acadêmica;

  • resumo: é uma síntese bem clara e direta do conteúdo do trabalho;

  • abstract: tradução do resumo para a língua inglesa;

  • sumário: traz as divisões e subdivisões do texto, acompanhadas do número da página em que se localizam;

  • listas: são elementos opcionais que trazem um índice das ilustrações, abreviaturas, siglas e notações que aparecem ao longo do texto.

Elementos textuais

Correspondem à dissertação científica, na qual são apresentados os materiais e a metodologia utilizados no trabalho, dados de pesquisa, discussões em torno do tema e conclusões que resultaram disso. Os elementos textuais se dividem em três partes:

  • introdução: contém uma apresentação do trabalho, as hipóteses levantadas, além de outras informações que sirvam para introduzir o leitor no tema abordado;

  • desenvolvimento: dividido em capítulos, expõe as ideias trazidas pelo autor do TCC, com base em um referencial teórico;

  • conclusão: apresenta as conclusões e as considerações finais do autor após o estudo.

Elementos pós-textuais

São os elementos que encerram o TCC, aparecendo depois de todo o texto.

  • referências bibliográficas: é uma lista de todas as fontes utilizadas no trabalho;

  • anexos ou apêndices: elementos opcionais que incluem materiais que possam complementar as informações do texto;

  • glossário: lista de termos específicos que foram utilizados ao longo do texto e seus significados.

4. Faça um cronograma

A essa altura, você já deve ter uma noção da complexidade do TCC. Em vista disso, recomenda-se fazer um cronograma a partir do qual você possa se organizar para não deixar tudo para a última hora — o que certamente interfere na qualidade do trabalho.

Portanto, esteja atento ao prazo que a sua instituição de ensino concede para a elaboração do TCC. Faça uma lista de todas as etapas que você precisa cumprir, estime o tempo que cada uma vai levar e, com isso, determine o que deve ser feito em cada mês ou semana para que não haja correria quando o prazo estiver acabando.

5. Entenda as regras da instituição

O TCC, a depender do curso, pode ser uma monografia, um artigo ou outro tipo de trabalho acadêmico. Por isso, é necessário se informar sobre qual trabalho você deve desenvolver. Assim, para saber como fazer um TCC que atenda às regras da sua instituição de ensino, procure a coordenação do seu curso e/ou o seu orientador e tire as suas dúvidas.

Além disso, atente-se às normas de formatação do trabalho. Normalmente, a instituição exige que sejam seguidas as regras da ABNT — Associação Brasileira de Normas Técnicas —, que definem características como as margens das páginas, tamanho da fonte, formatação das citações e referências bibliográficas, entre outras.

6. Tome cuidado com o plágio

Ao desenvolver o texto do trabalho, jamais copie trechos de outros autores como se fossem seus. Você pode incluir citações, desde que informe de qual obra elas foram retiradas e a respectiva autoria.

A cópia de trechos sem o devido crédito ao autor caracteriza plágio, o que não é tolerado pela banca examinadora. Isso leva à anulação do trabalho, além de criar uma mancha na sua reputação dentro do meio acadêmico.

7. Treine para a apresentação final

Ao concluir toda a parte escrita do seu TCC, não se esqueça de dedicar algum tempo para treinar para a apresentação final do trabalho. É natural ficar ansioso com a chegada desse momento tão importante, mas tenha em mente que, se você se preparar, vai dar tudo certo.

Agora que você já sabe como fazer um TCC, vale ressaltar, ainda, algo que não deve ser feito nesse processo. Caso o seu trabalho seja em grupo ou em dupla, não se una a pessoas que não têm compromisso com prazos e com a qualidade do material. Lembre-se de que a conquista do seu diploma está em jogo e que você merece alcançar o melhor resultado possível ao fim da graduação.

Então, nossas dicas de como fazer um TCC foram úteis para você? Caso ainda tenha ficado com alguma dúvida, deixe um comentário nos contando!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This