Trabalhar e estudar ao mesmo tempo: é possível? Como conciliar?

Sair de casa logo cedo, trabalhar durante todo o dia e, à noite, ainda conseguir ânimo e disposição para ir à faculdade. Essa parece uma rotina desafiadora e estressante, não é mesmo? Se você já está nessa situação ou pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo — mas não sabe se é possível — mostraremos, ao longo deste post, como fazer isso e de forma saudável.

Sabemos a importância que um curso superior tem para nossas vidas. Para conseguir melhores oportunidades de trabalho ou o emprego dos seus sonhos, quase sempre, é preciso passar pela vida acadêmica.

Contudo, compreendemos também que muitas pessoas precisam trabalhar para garantir o acesso a um curso superior de qualidade e suprir outras necessidades. E é aí que entra a dúvida sobre a possibilidade de trabalhar e estudar ao mesmo tempo e, ainda, mantendo qualidade de vida. Quer conversar um pouco mais sobre esse assunto? Vamos lá!

Trabalhar ou estudar: o que deve ser prioridade?

Na verdade, essa é uma questão bastante particular, isto é, depende da necessidade financeira de cada pessoa. Também há de se levar em conta as aspirações e os planos de vida de cada um. Agora, se você tem o objetivo de construir uma carreira sólida e conquistar boas oportunidades no mercado de trabalho, não tenha dúvida de que os estudos precisam de atenção prioritária.

E sabe por que você deve colocar o aprendizado no topo da sua lista de prioridades? Porque estudar é o caminho mais seguro para alcançar um futuro melhor, com sucesso profissional e um emprego no qual você se sinta realizado. Além disso, um curso superior amplia o conhecimento, desenvolve novas habilidades, incita o pensamento crítico e causa uma verdadeira transformação na mente do estudante.

Claro que são muitos os desafios enfrentados por quem trabalha e estuda ao mesmo tempo:

  • cansaço físico e mental;
  • ansiedade e preocupação com as múltiplas atividades;
  • poucas horas de sono e descanso;
  • lazer reduzido;
  • pouca disponibilidade para curtir a família e os amigos, entre outras privações.

Mas é certo que todo esse esforço vale a pena. É só uma questão de tempo para começar a colher os frutos da sua dedicação. Ao contrário, se você desistir dos estudos e priorizar somente o trabalho, dificilmente terá melhores oportunidades no futuro. Para quem não investe no próprio crescimento, a tendência é ficar estagnado na vida profissional, o que pode gerar frustração e desmotivação.

Como é possível trabalhar e estudar ao mesmo tempo?

Fique tranquilo, pois essa dúvida não é somente sua. Muito pelo contrário, boa parte das pessoas se encontra nessa situação após concluir o Ensino Médio.

Para atingir o objetivo de conciliar trabalho e estudo, o foco do estudante deve se voltar principalmente para dois fatores: organização e planejamento. Essas duas palavras são a base para um bom equilíbrio entre a rotina laboral e a vida acadêmica.

Mas, obviamente, não é somente isso. Na prática, é preciso ter muito empenho e disciplina para não prejudicar o rendimento em nenhuma das duas áreas. E para mostrar que você pode trabalhar e estudar ao mesmo tempo e manter qualidade de vida, saúde e bem-estar, listamos 10 dicas essenciais de como fazer isso da melhor maneira possível. Acompanhe!

1. Faça um planejamento bem definido do seu dia

Como mencionado anteriormente, realizar um bom planejamento é uma tarefa fundamental para que os seus objetivos sejam atingidos. Procure elaborar um plano de atividades do seu dia, desde a hora em que você acorda até quando for dormir — incluindo lazer, descanso, idas à academia, tempo de deslocamento entre trabalho e faculdade etc.

Tente dar mais atenção às tarefas urgentes e que, portanto, necessitam de maior foco. Depois, parta para as atividades que possuem um prazo de entrega maior. Tudo isso deve ser feito com calma e organização, evitando estresse desnecessário com o acúmulo de atividades a serem realizadas no mesmo dia.

Em períodos de provas na faculdade, por exemplo, é importante dedicar mais tempo aos estudos. Nesse caso, conseguir algumas horas no trabalho — por meio de um banco de horas — para focar nas tarefas acadêmicas, é uma boa sugestão.

Ao final do seu dia, observe se você cumpriu as atividades e horários definidos no planejamento. Isso ajudará a entender a eficácia do seu plano de estudos bem como enxergar falhas e outros gargalos que podem atrapalhar o processo.

2. Otimize o seu tempo

Saber utilizar de forma eficiente o tempo que você tem disponível é essencial para obter êxito na conciliação entre trabalho e estudo. Por isso, momentos que inicialmente não parecem oportunos podem se tornar grandes aliados da sua rotina.

Você já parou para pensar que pode aproveitar o deslocamento de casa para o trabalho ou de lá para a faculdade, por exemplo, para estudar? Esse tempo dentro de transportes públicos — caso esse seja o seu meio de acesso — pode ser bastante útil para leituras, áudios de aulas e outras formas de estudo.

Utilizar o horário do almoço para essa finalidade também é outra maneira de otimizar o seu tempo para estudar. Claro que isso não precisa ser feito todo dia — até porque você também merece e precisa descansar. Mas, eventualmente, são atitudes que só vão acrescentar.

Outro tempo bastante útil que você pode aproveitar são os fins de semana. Tudo bem que são períodos também para o descanso, lazer e o aconchego da família e amigos. Mas tente pensar que esse é um investimento para o futuro, para uma carreira profissional mais promissora e que lhe renderá bons frutos em médio e longo prazo.

3. Aproveite os benefícios que a tecnologia pode lhe proporcionar

A tecnologia está cada vez mais presente em nosso dia a dia, tanto em atividades profissionais quanto para uso pessoal. E já que temos esse valioso recurso a nosso favor, por que não o utilizar também para os estudos?

Atualmente, existem diversos aplicativos — como o Trello, o RescueTime e o Aldiko — que possibilitam a otimização do tempo, além de permitir melhor organização para os estudos. Saber agregá-los ao seu planejamento pode facilitar a rotina e contribuir para o cumprimento dos seus objetivos.

4. Cuidado com as redes sociais

Da mesma forma que a tecnologia pode e deve ser utilizada a seu favor, ela também é um grande risco para o seu plano de conciliar trabalho e estudo. Afinal, as redes sociais consomem boa parte do nosso dia a dia, por isso temos de ficar atentos para não passar mais tempo do que o necessário navegando pelos feeds de notícias.

Quem não gosta de atualizar o seu Facebook, postar fotos e ver o que os amigos estão comentando? Contudo, ao decidir trabalhar e estudar simultaneamente, o seu tempo torna-se um dos seus bens mais valiosos. Portanto, fuja das armadilhas que as redes sociais podem esconder.

Você não precisa tomar medidas drásticas como o cancelamento do seu perfil ou algo do tipo. Na maioria dos casos, deixar o celular no modo silencioso na hora dos estudos ou desativar notificações de mensagens são atitudes que já dão algum resultado. Mas o principal é trabalhar a sua consciência e focar no que realmente vai acrescentar para o seu planejamento.

5. Crie grupos de estudos com pessoas que tenham o mesmo perfil que o seu

Outro ponto bastante benéfico na missão de conciliar trabalho e estudo é encontrar pessoas que têm as mesmas rotinas, metas e dificuldades que você. Melhor ainda é formar grupos de estudos com esses colegas, a fim de revisar aulas, estudar para provas, dividir conhecimentos e compartilhar dúvidas.

Além de ser um recurso motivador para enfrentar a rotina de trabalhar e estudar, esses grupos podem ser úteis em situações como ausência na aula por ter trabalhado até mais tarde, por exemplo. Assim, o conteúdo pode ser passado por um colega do grupo, para que você se mantenha atualizado com as matérias.

6. Estabeleça prioridades

Ao planejar sua rotina, desenvolva o hábito de listar as tarefas, definir prazos e manter os compromissos em ordem de prioridade. Considere o que é urgente, o que é necessário e o que pode ser adiado. Assim, você evita desperdício de tempo e se concentra nas atividades que realmente importam.

7. Aprenda a dizer não para alguns compromissos

Cuidado para não se sobrecarregar com o excesso de funções. Aprenda a abrir mão de certas tarefas e saiba dizer não em algumas ocasiões se necessário. A empolgação para assumir vários compromissos pode tomar conta, mas você deve avaliar se tem condições de cumprir todos eles — talvez esse desgaste seja desnecessário.

8. Faça adaptações na sua rotina

Pequenos ajustes na rotina podem fazer toda diferença na sua qualidade de vida. Portanto, se for preciso, reorganize seus horários. Observe se você tem gastado longos períodos em tarefas que poderiam ser realizadas de forma mais objetiva. Quem sabe ainda sobre um tempinho entre uma atividade e outra para relaxar ou reforçar os estudos.

9. Reserve um tempo para si mesmo

Parece incoerente reservar um tempo para relaxar quando você tem uma rotina corrida, não é mesmo? Mas as pausas são necessárias para restaurar as forças. Então, não exagere no ritmo, não force sua mente e seu corpo além do necessário. Pare por breves períodos ao longo do dia para respirar, se hidratar, se alimentar com calma e, se possível, apreciar alguns minutos de silêncio.

10. Cuide-se

Cuide do seu bem mais precioso: a saúde! Tente dormir bem, consumir alimentos saudáveis, praticar exercícios físicos e evitar vícios ou exageros. Você pode alegar que o problema é justamente a falta de tempo para se cuidar, mas pense que os bons hábitos fornecem a energia que precisamos para encarar a movimentação do dia a dia.

Viu como é possível trabalhar e estudar ao mesmo tempo, sem que isso se torne um estresse em sua vida? Não tem segredo, é só uma questão de organização e disciplina. E não se esqueça de um último ponto primordial nessa jornada dupla: valorize o apoio da família e dos amigos! Não queira carregar o mundo nas costas sozinho e conte com as pessoas próximas sempre que precisar!

E se você ainda tem alguma dúvida ou quer saber outras formas para facilitar a conciliação entre trabalho e estudo, aprenda mais sobre gestão de tempo e conheça 6 aplicativos ideais para melhorar sua produtividade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This