Saiba como os principais programas de trainee funcionam e se prepare!

Você por acaso já se perguntou sobre como os programas de trainee funcionam? Pois é justamente sobre isso que vamos falar aqui! No entanto, para que você chegue ao final deste post sabendo tudo sobre esse tipo de processo, primeiro tem que compreender exatamente o que é um trainee.

Basicamente, trainee é uma pessoa que passa por um treinamento que busca prepará-la para ser um líder. Atenção: ao contrário do que muita gente pensa, um programa de trainee é diferente de um estágio, ok?

Apesar de ambos focarem em jovens, os processos seletivos de trainee abrem espaço para recém-formados e são muito mais criteriosos. Além disso, um processo seletivo de trainee tem como meta peneirar aqueles jovens mais talentosos, preparados e com potencial para que, futuramente, consigam comandar equipes.

Quer entender ainda mais sobre como tudo isso funciona? Então basta continuar lendo!

Quais os benefícios dos programas de trainee?

Ser trainee de uma grande organização é uma excelente oportunidade para quem está em início de carreira. Se houver o apoio de uma universidade então, melhor ainda! Dessa forma, o jovem pode unir o aprendizado acadêmico ao treinamento e à experiência prática fornecida pela empresa.

Confira a seguir algumas das principais vantagens de passar por um programa de trainee!

Rotação

Tendo a possibilidade de experimentar diferentes áreas da empresa por meio do job rotation, o trainee ganha clareza sobre qual caminho seguir, além de descobrir e desenvolver habilidades e talentos.

Visibilidade

Os participantes dos programas de trainee são vistos dentro das organizações como jovens promissores. Por isso, o trabalho desenvolvido é respeitado e tem alta visibilidade.

Networking

Uma das maiores dificuldades enfrentadas no início de qualquer carreira costuma ser a construção de relacionamentos — especialmente com os gerentes das empresas. Pois em um programa de trainee, esse networking acontece desde o início!

Desenvolvimento

Um programa de trainee é um dos principais caminhos para quem deseja acelerar a carreira. Afinal, tudo acontece de maneira bastante ágil e dinâmica nesse tipo de preparação, fazendo com que o jovem acumule muita experiência em pouco tempo.

Como os programas de trainee funcionam?

Etapas

Por mais que cada processo seja único e conte com suas próprias regras e critérios de seleção, algumas etapas costumam se repetir. É o caso, por exemplo:

  • da inscrição;
  • das avaliações online, com provas de inglês e raciocínio lógico;
  • da dinâmica de grupo, que pode ser presencial ou online;
  • do painel de negócios;
  • da entrevista final.

Em geral, todo esse processo leva de 2 a 3 meses, embora algumas empresas o estendam para um período maior.

Requisitos

Os requisitos mais comuns são:

  • ano de formação e curso da graduação;
  • proficiência em inglês ou em algum outro idioma;
  • disponibilidade de deslocamento.

Critérios

As fases iniciais tendem a ser mais técnicas, com avaliação do currículo e provas. Já nas etapas avançadas, que se baseiam em uma avaliação comportamental, os fatores mais importantes são motivação e, claro, competências.

Quais são os tipos de programas de trainee?

O objetivo geral dos diversos programas de trainee é o mesmo: desenvolver o jovem, preparando-o para assumir funções de liderança ou destaque dentro da empresa. Mas a maior diferença de uma empresa para a outra está no tipo de programa. Conheça as principais modalidades a seguir!

Trainee corporativo

Esses são os programas mais tradicionais no mercado, que selecionam profissionais no último ano da graduação ou que tenham se formado em até 2 anos. Apesar de não ser regra, normalmente dão prioridade a quem estudou Administração, Engenharia, Economia, Marketing e Relações Internacionais.

Esse tipo de processo busca talentos para as áreas corporativas, desenvolvendo uma visão mais generalista do negócio. Como exemplo, podemos citar o programa de trainee Unilever.

Trainee especialista

Esse tipo de programa foca no desenvolvimento técnico em áreas como tecnologia ou Engenharia. A intenção é que o jovem se especialize ao máximo em um setor específico. Como exemplos, temos o Programa de Especialização em Engenharia (PEE) da Embraer e o trainee industrial da Ambev.

Trainee executivo

O trainee executivo é considerado uma versão sênior dos programas de trainee. Nesse caso, em vez de focar em profissionais recém-formados, a procura é por aqueles que tenham de 2 até 5 anos de profissão. Experiência na área é imprescindível. Estar cursando MBA ou pós-graduação é diferencial.

Nessa modalidade de trainee, o profissional já começa em uma função gerencial. A partir daí, é treinado para ocupar cargos ainda mais altos. Exemplos de empresas com esse tipo de programa são Johnson & Johnson, Oi, Pepsico e BRF.

Trainee de loja

Esse tipo de programa forma gerentes de loja das grandes redes de varejo. Exemplos de empresas com esse tipo de programa são Renner e Riachuelo.

O que fazer para se destacar no processo seletivo?

Estude em uma boa universidade

Como a universidade é a porta de entrada para os programas de trainee, esse fator tem grande peso no processo seletivo. Dependendo do planejamento do estudante, vale a pena até trocar de instituição durante o curso para aumentar suas chances.

Procure conhecer a empresa

Para a organização que contrata, é fundamental que o candidato conheça o negócio. Então faça a lição de casa, estudando a fundo a empresa. Procure não apenas saber a história, mas também acompanhar as notícias sobre a instituição.

Monte um currículo interessante

Muita gente acha que, por não ter experiência profissional, não precisa elaborar um currículo. Nada disso! Muito pelo contrário, aproveite sua bagagem de estudos, estágios ou até mesmo de trabalhos voluntários, colocando tudo no papel para fazer com que o entrevistador tenha vontade de saber mais sobre você.

Prepare-se para a entrevista

A entrevista é uma etapa crucial do processo seletivo de trainee. Por isso, não subestime a importância dessa conversa, ok? Para demonstrar interesse, prepare não apenas respostas mais elaboradas como também perguntas e dúvidas para serem esclarecidas.

Treine seu raciocínio lógico

É comum que os programas de trainee apliquem provas de raciocínio lógico para filtrar os candidatos. Pensando nisso, pratique desde já! Você pode jogar xadrez e praticar sudoku, por exemplo, além de fazer testes de lógica.

Participe ativamente das dinâmicas

Nesse tipo de processo seletivo, as empresas usam as mais variadas dinâmicas de grupo, desde jogos de tabuleiro até debates sobre temas da atualidade. O importante é que você marque presença em todos eles, tendo uma participação ativa e demonstrando capacidade de liderança.

Capriche nas apresentações

É mais que normal ficar nervoso na hora de falar em público — e os superiores que selecionam candidatos sabem muito bem disso. Para minimizar esse nervosismo, que tal treinar apresentações para chegar mais preparado caso tenha que se comunicar na frente dos concorrentes?

Não finja ser quem não é

Na ânsia de se destacar, muitos candidatos tentam passar uma impressão diferente de sua personalidade no dia a dia. Mas quem já foi aprovado garante: esse tipo de comportamento é um verdadeiro tiro no pé, transparecendo insegurança.

Tome cuidado para não atropelar os colegas

Como a capacidade de liderança é bastante incentivada nesses processos, algumas pessoas acabam falando demais e até mesmo interrompendo os colegas. Tenha em mente que essa postura é vista como negativa, já que saber ouvir também é fundamental.

Evite empresas que você não admira

Um dos principais pontos destacados por quem já se deu bem em processos de trainee é a escolha das oportunidades. Na prática, as chances do candidato aumentam significativamente quando ele opta por empresas com as quais se identifica, compartilhando valores e objetivos.

Como você viu neste post, o sucesso em um programa de trainee começa desde a escolha da universidade e vai até a preparação do candidato para o processo seletivo. Mas nada de desanimar ao longo do caminho! Lembre-se de que essa escolha pode render ótimos frutos para sua carreira.

E então, gostou deste conteúdo sobre como os programas de trainee funcionam? Aproveite para curtir nossa página no Facebook e nos seguir no YouTube, no Instagram, no LinkedIn e no Twitter!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This