Saiba como desenvolver habilidades profissionais desde a graduação

Como todo mundo sabe, a faculdade é um local de muitos aprendizados. Entretanto, você já parou para pensar que a graduação vai muito além dos conhecimentos acadêmicos? Na verdade, esse é um período em que você tem a oportunidade de desenvolver inúmeras habilidades profissionais que lhe ajudarão a chegar mais preparado ao mercado.

Durante o curso superior, há diversos estudantes que focam somente em acumular conhecimentos teóricos. Isso é ótimo, porém não é tudo. Afinal, os alunos que adquirem capacidades práticas têm muito mais facilidade para conquistar bons trabalhos após receber o diploma. É por isso que vivenciar outras atividades, como extensões e pesquisa, é tão fundamental.

Sabendo disso, este post tem o intuito de mostrar quais habilidades profissionais você pode desenvolver desde a graduação e o que fazer para adquiri-las, seja em uma graduação presencial ou a distância. Confira e aproveite!

Cooperação

Considerada um dos principais requisitos para se destacar no mercado, a cooperação é uma das habilidades que devem ser fortalecidas na carreira. É fundamental que o profissional seja capaz de lidar com opiniões distintas das suas, realçando que sabe trabalhar em equipe.

Conseguir comprovar experiências de cooperação também pode ser bastante útil, como trabalho voluntário — algo sempre muito bem-visto pelas companhias. Nesses casos, além de ajudar quem mais precisa, você ainda inclui um diferencial no seu currículo.

Proatividade

Tão importante quanto receber ordens e executá-las corretamente é saber a hora de agir mesmo que ninguém solicite. Pessoas proativas, que conseguem enxergar e resolver problemas de maneira rápida, são sempre requisitadas entre os contratantes.

Para que a proatividade seja algo natural no seu dia a dia, é preciso que você busque aprender cada vez mais sobre sua área de atuação. Afinal, quanto mais conhecimento você adquire, melhor entende o que pode ser feito. Como consequência, você saberá exatamente como ajudar seus colegas e o negócio em si.

Lembre-se de que ir além do seu próprio trabalho e contribuir com as tarefas da empresa é um ponto alto no mercado!

Autonomia para aprender

Falando em buscar conhecimentos, desenvolver a capacidade de aprender novos assuntos é outra característica que pode destacar seu nome no mercado. Essa habilidade não se limita apenas à sua área de atuação.

Por exemplo, se você trabalha com a área financeira, nada o impede de estudar boas práticas de liderança. Isso mostra interesse e muita vontade de crescer e pode abrir as portas para cargos mais elevados.

Se você optou pela modalidade de educação a distância, deve considerar que precisa ter autonomia se quiser avançar no curso. Sem essa base, você não consegue estudar, estabelecer metas, organizar seu cronograma, fazer as atividades, iniciar projetos e otimizar seu tempo.

Flexibilidade

Como você já viu, o mercado não tem muito espaço para profissionais que focam somente naquelas tarefas específicas descritas na sua carteira de trabalho. É claro que isso não significa se deixar ser explorado pela empresa, mas é necessário ter o mínimo de flexibilidade.

Se um dia você precisar desempenhar uma tarefa que não é a sua função principal ou ficar até mais tarde para finalizar um projeto importante, não hesite em fazê-lo. Essa atitude mostra o seu comprometimento com a empresa e com a sua carreira.

Capacidade de liderança

Aqui é preciso entender que saber liderar uma equipe não é o mesmo que ser uma pessoa autoritária (ou o famoso “mandão”). O que as organizações mais valorizam é a responsabilidade de realização que um profissional toma para si, juntamente com a sua capacidade de integrar e coordenar um time.

Um bom líder é aquele que sabe identificar o potencial de cada colaborador e consegue aproveitá-lo ao máximo para que o negócio alcance seus objetivos. É uma pessoa que motiva sua equipe, sabe ouvir as opiniões do grupo e, ao mesmo tempo, é respeitada pelos colegas de trabalho.

Otimismo

O mercado de trabalho tem seus altos e baixos, seus momentos de expansão e aqueles de contenção. Por isso, as empresas evitam contratar colaboradores que se deixam abater facilmente pelas dificuldades.

Um profissional otimista consegue encarar as adversidades de frente e sabe lidar com as pressões externas e internas de maneira positiva. Para que você prospere, uma visão de vida negativa deve ficar distante!

Bom relacionamento interpessoal

Um profissional que evita colegas, se tranca na sua sala e não troca ideia com ninguém (nem na hora do cafezinho) possivelmente não terá boas chances de se destacar na empresa. Entenda que você é parte de uma organização e, portanto, manter contato com os outros colaboradores é primordial.

Quando você estabelece um bom relacionamento interpessoal com os colegas e superiores, passa a ter uma relação de pertencimento ao ambiente de trabalho. Isso ajuda a compreender perfeitamente as metas e objetivos do negócio e a querer alcançá-los como parte de uma conquista pessoal.

Procure conversar com as pessoas de todos os setores, desde a recepção até seu chefe direto. Assim, você ajudará a construir um ambiente profissional agradável e não será esquecido pelos outros.

Ética

A integridade e a ética são habilidades essenciais a qualquer profissional. Elas podem ser notadas na pessoa que avisa que não vai conseguir cumprir o prazo estipulado, que não mente sobre suas competências e que respeita o trabalho dos demais profissionais.

Essas características devem ser sempre exercitadas dentro do ambiente de trabalho. Ser íntegro significa preservar seus valores e transmiti-los para quem está à sua volta. Ao priorizar essas premissas, você se torna um profissional admirado e com relevância na organização.

Dedicação e comprometimento

Dedicação e comprometimento para realizar as suas tarefas são outras capacidades primordiais para o mercado de trabalho. Essas qualidades causam ótimas impressões nos recrutadores, já que toda empresa busca colaboradores empenhados com as suas responsabilidades. Quem tem essas características ou está disposto a desenvolvê-las tem vantagem competitiva sobre os demais.

Dedique-se sempre a demonstrar essas habilidades em tudo que faz, seja chegando no trabalho no horário certo, seja desenvolvendo o melhor projeto possível dentro do seu potencial.

Como você viu, seja no ensino presencial ou na educação a distância, sempre existem oportunidades para desenvolver habilidades profissionais desde a graduação. Inclusive, é muito mais fácil adquirir essas capacidades desde cedo e de forma gradual do que ter que compensar o tempo perdido mais tarde. Por isso, aproveite a faculdade para aprender o máximo que puder, participando das mais variadas atividades.

E se quiser receber mais conteúdos como este direto no seu e-mail, assine a nossa newsletter!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This