Profissões do futuro: 9 melhores carreiras que ficarão em alta

escolha do curso superior passa por vários fatores, e um deles é a valorização da profissão no futuro. Afinal, os constantes avanços da tecnologia resultam em modificações nas mais diversas áreas. Por isso, é importante analisar as melhores tendências e optar por uma carreira que estará em alta daqui a alguns anos.

Você deve estar se perguntando: mas como vou “adivinhar” o que estará ou não em evidência num futuro próximo? Como optar agora por uma graduação e ter a certeza de que a demanda por essa área será alta?

Seguindo previsões de algumas das principais consultorias de recrutamento profissional do mercado — como Robert Half, Michael Page e Hays — conseguimos destacar para você 13 profissões do futuro e os cursos superiores relacionados a cada carreira.

Além de profissões que serão muito requisitadas pelo mercado de trabalho em pouco tempo, também listamos algumas mais tradicionais que continuarão em alta. Portanto, fique atento a este post e opte por uma graduação que, além de ter tudo a ver com as suas habilidades, será muito demandada no futuro. Continue a leitura!

1. Engenheiro ambiental

Atualmente, a Engenharia Ambiental já é uma área fundamental para as empresas. Nos próximos anos, a demanda por profissionais do setor será ainda maior. Isso acontece porque a preocupação com os impactos ambientais é crescente. Nesse contexto, nada melhor do que contar com profissionais especialistas para cuidar da área.

O estudante que deseja atuar nessa profissão deve graduar-se no curso de Engenharia Ambiental e Sanitária, o que vai garantir competências específicas para exercer a função.

2. Gestor de resíduos

O aumento da população e a geração cada vez maior de lixo farão com que o especialista em gestão de resíduos seja bastante requisitado no mercado. Esse profissional é responsável pelo direcionamento correto desses materiais e, também, por suas transformações em fontes de renda e energia.

Tudo isso somado ao cuidado constante com o meio ambiente. Inclusive, algumas leis brasileiras passaram a exigir a obrigatoriedade de profissionais que sejam especializados na área de gestão do tratamento de água, esgotos, destinação correta do lixo, reciclagem e limpeza urbana.

Para atuar nessa profissão, você tem algumas opções de formação, como engenheiro ou gestor ambiental, biólogo, químico e tecnólogos em processos ambientais e em saneamento.

3. Gestor de logística

Os setores de transporte e logística crescem desenfreadamente, graças aos grandes investimentos em infraestrutura. O gestor logístico é considerado figura estratégica dentro da empresa, sendo responsável pela inteligência operacional e processual da organização.

É esse profissional que também administra atividades da empresa como transporte, compras, armazenamento, distribuição e entrega de mercadorias. Grandes indústrias e comércios buscam frequentemente por maior produtividade aliada à redução de custos, o que deve ampliar ainda mais as oportunidades para o gestor logístico.

Graduações que possibilitam a formação nessa área são: Gestão Logística, Tecnologia em Logística e Engenharia de Produção.

4. Cientista de dados

A informação nunca teve tanto poder como nos dias de hoje, e a expectativa é que, em um futuro próximo, ela seja ainda mais essencial. O cientista de dados é o profissional qualificado que lê e interpreta diversas informações importantes para a empresa, transformando-as em estratégias para o sucesso do negócio.

É uma área de atuação muito útil na gestão pública, publicidade, indústrias e vários outros setores. Formações nas áreas de Tecnologia da Informação, Matemática e Estatística capacitam o profissional para a função.

5. Gestor de inovação

A inovação está ligada ao desenvolvimento de novos produtos. No entanto, a tendência é que essa área também abranja, em pouco tempo, a otimização de processos e redução de custos.

O gestor de inovação é o profissional responsável por esse processo. Ele deve ter boa visão de desenvolvimento industrial, pesquisar tendências e aplicar novas ideias e funcionalidades em soluções demandadas pelas empresas.

Para quem deseja atuar nessa área, cursos de Marketing e especialização em Pesquisa de Mercado são as opções.

6. Consultor financeiro

Não é de hoje que as pessoas vivem endividadas e têm dificuldades para gerir suas finanças, não é mesmo? Pois, no futuro, o problema deve persistir — e é aí que entra o consultor financeiro, responsável por trabalhar essas questões junto a famílias e empresas.

Ele atua na orientação e planejamento dos gastos, sempre pensando na saúde financeira das pessoas envolvidas. O estudante que deseja atuar na função deve graduar-se em Ciências ContábeisEconomia ou Administração.

7. Médico

Uma das profissões mais tradicionais que existem, o médico continuará em alta no futuro. E isso por causa de um simples motivo: a população sempre adoecerá e precisará dos cuidados desse profissional. Com isso, outras profissões da área de saúde, como a do enfermeiro, também continuarão com boa empregabilidade.

Com a formação no curso de Medicina, você adquire os conhecimentos e habilidades necessários para exercer a função.

8. Professor

Outra tradicional profissão demandada constantemente é a do professor. A busca por conhecimento não para! Por isso, o trabalho desse profissional é vital para as pessoas, desde a educação infantil até a idade adulta.

E, além de ministrar aulas na rede pública e particular de ensino, esse profissional também pode contar com a internet como campo de trabalho. Já é comum a procura por professores particulares na web.

Cursos de licenciatura, como História, Ciências Biológicas, Letras, entre outros, credenciam o estudante para atuar na profissão, com boas possibilidades de especialização em programas de pós-graduação.

9. Especialista em marketing digital

A concorrência entre as empresas é algo que também aumentará. Considerando o poder do ambiente digital, as organizações buscam cada vez mais esse canal.

Por isso, o profissional especialista em marketing digital é e será ainda mais demandado, principalmente para traçar estratégias e planejamentos que deem destaque às organizações frente aos seus concorrentes.

Se interessou por essa carreira? Então, procure graduações na área da Comunicação Social, como Jornalismo, Publicidade, Marketing e Relações Públicas.

10. Engenheiro com foco em agronegócio

O setor de agronegócio permanece em expansão. Mais do que isso, os equipamentos e processos estão em fase de modernização. A tendência é que essa área sempre precise de profissionais especializados, e não somente para garantir a produtividade, mas também para elaborar estratégias que previnam os impactos na natureza, por meio da exploração inteligente dos recursos naturais.

Engenheiros de diferentes formações podem atuar no ramo da produção agropecuária. Entre as graduações que levam a esse caminho, estão as Engenharias: Agrícola; de Agrimensura; de Aquicultura.

11. Designer de inovação

O designer de inovação é responsável por analisar tendências e desenvolver ideias e estratégias para recriar a funcionalidade dos produtos já existentes, conferindo a eles novas soluções que despertem o interesse do mercado. Esse ainda é um ramo novo no país, mas é uma forte promessa para o futuro.

Profissionais graduados em Arquitetura, Design e Engenharias podem se arriscar nesse novo campo de trabalho.

12. Profissionais de tecnologia de informação

Já falamos em outro tópico sobre os cientistas de dados, que tendem a continuar com seu espaço garantido no mercado. Junto a eles, os profissionais que atuam com tecnologia da informação em geral, permanecerão com papel de destaque em diversos setores. E a perspectiva é que nem as crises econômicas dificultem essa evolução.

Desenvolvedores de softwares, especialistas em segurança, gestores de Big Data e facilitadores de TI representam apenas uma parcela da quantidade de profissionais capazes de criar, implantar e gerenciar os sistemas tecnológicos.

Os formados em Engenharia ou Ciências da ComputaçãoSistemas de Informação e Análise e Desenvolvimento de Sistemas certamente garantem o seu espaço entre as profissões do futuro.

13. Profissionais de saúde mental

Não é somente a tecnologia que não para de avançar. Hoje, vemos um aumento alarmante no número de casos de transtornos psicológicos, como estresse, ansiedade e depressão. Na geração mais jovem, os índices de suicídio se tornaram uma preocupação para a sociedade e para a comunidade científica, e isso requer intervenções urgentes.

Nesse cenário, é cada vez maior a necessidade de profissionais da saúde mental, para atuar tanto em clínicas como na assistência em hospitais, escolas, empresas, centros de reabilitação etc. E é bem pouco provável que as ferramentas tecnológicas consigam substituir o cuidado humanizado que os pacientes necessitam.

Os cursos de Psicologia e de Psiquiatria são as principais formações de quem atua nessa área.

Antes de finalizar o post, também é importante destacar algumas das habilidades e competências do profissional do futuro que serão cada vez mais valorizadas pelo mercado. Comunicação clara, dinamismo, proatividade, rapidez nas tomadas de decisão, pensamento estratégico, inovação, liderança, facilidade de trabalhar em equipe e domínio dos recursos tecnológicos são traços que enriquecem qualquer perfil.

Viu só? São várias as opções, em diferentes áreas, que podem ser consideradas como profissões do futuro. Na hora de escolher o seu curso superior, procure aliar as suas aptidões a uma carreira que tenha ótimas possibilidades de ser requisitada nos próximos anos. O mercado de trabalho vai “brigar” por você!

Gostou do nosso post? Para ter acesso a mais conteúdos como este é fácil: basta seguir nossas páginas nas redes sociais e ficar atento à atualização das publicações. Você nos encontrará no Facebook, no Twitter, no Instagram e no YouTube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This