Por que fazer Engenharia de Produção na UniNorte?

As engenharias estão sempre em alta! Elas oferecem futuro promissor tanto no mercado do norte do país quanto no resto do Brasil. E a Engenharia de Produção se destaca por ser extremamente generalista. Ela permite que o profissional atue em diferentes ramos, da indústria ao setor de serviços.

Sabe por que esse leque tão amplo de possibilidades? Por causa da grade curricular do curso, que prepara você para ser um engenheiro de mão cheia, capaz de encarar os maiores desafios do mercado de trabalho e alcançar os melhores lugares.

Agora, para a aproveitar todas as possibilidades oferecidas pelo curso, você precisa escolher a instituição certa para fazer seu curso. Foi pensando nisso que preparamos este post, para falar por que a UniNorte é a melhor opção para uma formação de qualidade!

Ficou curioso para saber mais sobre a faculdade de Engenharia de Produção? Continue a leitura e descubra tudo que podemos oferecer para você!

Por que fazer Engenharia de Produção?

Diferentemente das outras engenharias, voltadas para uma formação mais técnica e específica para cada área — como mecânica, química, civil etc. —, a Engenharia de Produção associa diferentes conhecimentos.

Por isso, ela forma um profissional pronto para assumir posições estratégicas nas mais diversas áreas do mercado. É justamente essa flexibilidade de atuação o maior diferencial da Engenharia de Produção!

A formação do Engenheiro de Produção une conhecimentos de ciências humanas, sociais, administrativos e de gestão. E, é claro, formação técnica e capacitação tecnológica para atuar no mercado. Por isso você pode trabalhar desde o chão de fábrica na linha de produção mesmo, comandando as atividades até no mercado financeiro.

O perfil do estudante de Engenharia de Produção

O perfil do estudante dessa área traz as mesmas características de quem faz outras engenharias. Ele precisa ter bastante afinidade com as disciplinas de exatas — ou seja, precisa se dar muito bem com matemática, química e física — e ter curiosidade sobre o funcionamento das coisas.

Mas Engenharia de Produção exige também outras características, como gostar de Economia e outras Ciências Sociais Aplicadas. Isso porque o curso não prepara você somente para as linhas de produção das fábricas, mas também permite atuar em áreas muito diferentes, como:

  • gestão de projetos;

  • administração de empresas;

  • análise de riscos etc.

Ou seja, você pode estar presente em toda a linha de funcionamento de qualquer empresa, em diversas atividades de topo do mercado de trabalho.

Por que escolher a UniNorte?

A UniNorte acompanha tudo que acontece ao redor, para oferecer sempre o melhor aos alunos. Por isso o curso de Engenharia de Produção tem uma grade bastante completa, atualizada de acordo com as necessidades do mercado e dos alunos, ministrada por professores capacitados.

No corpo docente do curso estão professores com mestrado, doutorado ou PhD, que também têm muita experiência prática no mercado de trabalho.

Essa combinação de conhecimento teórico e capacidade prática é incrível, pois proporciona aos alunos uma formação abrangente, que é reconhecida e amplamente aceita no mercado nacional.

E tem mais: um outro grande diferencial da UniNorte é que ela pertence à Laureate International Universities, uma rede de instituições acadêmicas presente em mais de 20 países. No Brasil, a Laureate tem 12 campi espalhados em diversos estados.

A grade curricular do curso de Engenharia de Produção da UniNorte é a mesma usada pela Laureate em todo o país. Por isso, se você precisar se mudar, pode transferir seu curso facilmente para outra instituição da rede, sem burocracias nem atraso no tempo de formação.

Internacionalização

E assim como todas as instituições que fazem parte da Laureate International Universities, a UniNorte também tem um escritório de internacionalização, que permite que os alunos façam intercâmbio em outras universidades da rede.

Quer mais? Tem! Você pode assistir aulas de outras instituições da rede, pela internet. Ou seja, os alunos da UniNorte podem trocar conhecimentos e experiências com estudantes de todo o mundo. Legal, não é mesmo?

Isso é especialmente importante para quem não tem condições financeiras para se mudar para outro país, mas mesmo assim quer adquirir experiência internacional ao longo da formação.

Infraestrutura de ponta

Todos os laboratórios da UniNorte contam com tecnologia de última geração. Eles são preparados por profissionais altamente capacitados! Isso é extremamente importante para que você tenha uma formação completa, que alia o conhecimento teórico da sala de aula à aplicação prática nos laboratórios. Ou seja: você entende como tudo funciona e coloca a mão na massa!

As salas de aula da UniNorte são equipadas com smartboards. É um quadro interativo que parece uma tela de computador gigantesca com touchscreen. Ele facilita o ensino, pois torna mais fácil e interessante a apresentação de diversos conteúdos multimídia.

E outro aspecto incrível da UniNorte são as impressoras 3D. Elas são uma grande tendência de mercado e, com a gente, você pode desenvolver seus projetos sem ficar para trás na corrida pela inovação.

Fomento à pesquisa

Um dos lemas da UniNorte é buscar o reconhecimento dos profissionais da Região Norte tanto nacional quanto localmente. Uma das principais maneiras de conseguir isso é incentivando nossos alunos a publicar artigos e projetos.

No curso de Engenharia de Produção, por exemplo, alguns alunos têm até livros publicados na internet, no formato de e-book. São compilações de trabalhos e artigos produzidos ao longo da graduação. Já imaginou ter seu material publicado e reconhecido na sua área, que bacana?

Estágios

Para garantir espaço no mercado para seus alunos, a UniNorte mantém parceria com grandes empresas que atuam no Brasil, incluindo diversas multinacionais com presença no polo industrial de Manaus.

Os estudantes realizam visitas técnicas às fábricas e centros administrativos das empresas, e também ingressam nos programas de estágios disponíveis. Esse é um diferencial que ajuda muito os nossos estudantes, pois facilita sua entrada no mercado de trabalho.

Duração do curso e grade curricular

O curso de Engenharia de Produção da UniNorte tem duração de 5 anos, divididos em 10 períodos, e é oferecido no turno da noite (assim, você pode conciliar os estudos com o trabalho). Veja abaixo como a grade curricular da graduação é disposta.

1º Período

  • algoritmos e programação;

  • comunicação;

  • expressão gráfica;

  • fundamentos de ciências exatas;

  • introdução à engenharia;

  • química geral.

2º Período

  • cálculo I;

  • física e eletricidade;

  • geometria analítica e álgebra linear;

  • gestão das organizações;

  • projetos de engenharia;

  • segurança e saúde do trabalho.

3º Período

  • antropologia e cultura brasileira;

  • cálculo II;

  • ciência dos materiais;

  • física de ondas e calor;

  • mecânica clássica;

  • projeto e desenvolvimento do produto.

4º Período

  • cálculo III;

  • cálculo numérico;

  • ergonomia do trabalho;

  • mecânica dos sólidos;

  • probabilidade e estatística;

  • tempos e métodos.

5º Período

  • controle estatístico de processos;

  • desafios contemporâneos;

  • fenômenos de transporte;

  • processos de fabricação;

  • resistência dos materiais;

  • sistema de informação e gestão.

6º Período

  • desenvolvimento humano e social;

  • gestão da produção;

  • gestão da qualidade;

  • metrologia;

  • pesquisa operacional.

7º Período

  • engenharia da qualidade;

  • gestão da logística integrada;

  • gestão de operações;

  • pesquisa operacional aplicada.

8º Período

  • gestão de projetos;

  • planejamento e gestão estratégica;

  • simulação de modelos.

9º Período

  • estágio;

  • gestão da cadeia de suprimentos;

  • gestão de serviços;

  • manutenção e inspeção;

  • metodologia de custos e formação de preços;

  • optativa I;

  • trabalho de conclusão de curso I.

10º Período

  • avaliação estratégica de mercados;

  • engenharia ergonômica;

  • optativa II;

  • projeto de fábrica;

  • trabalho de conclusão de curso II.

O que esperar do mercado de trabalho?

O mercado de trabalho para o Engenheiro de Produção está bastante aquecido. Com um campo de atuação bastante amplo, a demanda por esses profissionais é bem grande.

A verdade é que toda e qualquer empresa precisa de planejamento, otimização de processos e criação de métodos. E, por outro lado, a indústria necessita de análise de qualidade, medidas de segurança no trabalho e elaboração de processos logísticos. Todas essas são áreas em que o engenheiro de produção brilha!

A perspectiva para o futuro, com as novas tendências do mercado (como a indústria 4.0), é de que a demanda por profissionais de Engenharia de Produção aumente ainda mais. Portanto, um diploma nessa área é uma porta gigantesca aberta para o mercado de trabalho.

Como você viu, a UniNorte forma engenheiros de produção alinhados com as tendências do mercado, investindo com infraestrutura de ponta, professores renomados (tanto no meio acadêmico quanto no profissional) e programas de apoio à internacionalização e a estágios.

O que você está esperando para o mudar o seu futuro? Entre em contato com a gente agora mesmo e saiba como iniciar seu curso em Engenharia de Produção!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This