Perfil profissional: conheça bons motivos para definir o seu!

A entrada na faculdade é apenas o primeiro passo de um longo caminho profissional. Durante esse período, é quase impossível não focar apenas no vestibular e em como vencer essa batalha, mas desde cedo o estudante precisa pensar bem sobre as suas escolhas e entender qual é o seu perfil profissional.

Mas, na prática, o que isso significa? Se você compartilha dessa dúvida, não se preocupe, pois este post é para você! Continue a leitura e entenda como e por que definir o seu perfil profissional.

Qual a importância do perfil profissional?

Ao abrir novas vagas, muitas empresas buscam por um perfil profissional em seus candidatos. Ou seja, elas pedem características profissionais que incluem habilidades técnicas, formação acadêmica e habilidades pessoais que influenciam na sua forma de trabalhar.

O perfil profissional não é algo de interesse apenas das empresas. A nível pessoal, conhecer a si mesmo e suas habilidades é uma maneira de não ficar apenas à mercê do mercado de trabalho, mas assumir o protagonismo da sua carreira.

Na prática, sua principal vantagem é permitir que o estudante já entre na universidade e no mercado de trabalho preparado para o que ele espera e valoriza. Na hora de enviar currículos e fazer entrevistas, ele não será um candidato que precisa inventar formações, fluência em línguas ou características pessoais que não têm. Ele já terá tudo isso! E a melhor parte: já saberá que tipo de emprego se encaixa naquilo que espera para o futuro.

Como definir o seu perfil profissional?

O autoconhecimento é fundamental nesse momento, assim como um entendimento do mercado de trabalho no qual você quer atuar. Acompanhe!

Fique de olho no mercado

Com as mudanças diárias pelas quais o mercado passa, prestar atenção nele é uma questão de sobrevivência — e não é preciso ser um economista para fazer essa análise. Pela internet, é fácil acompanhar quais profissões estão em alta; em feiras e eventos, é possível acompanhar as novas tendências mundiais; com as redes sociais, você pode fazer contatos profissionais; e assim por diante.

Ter clareza sobre a situação do mercado da profissão que você pretende seguir fornece conhecimento para tomar melhores decisões. Por exemplo, saber que uma área anda em baixa é uma maneira de evitá-la. Ainda que você esteja decidido sobre que carreira deseja seguir, é importante entender a dinâmica da profissão e saber onde encontrar as melhores oportunidades.

Manter os olhos abertos no mercado também ajuda a desenvolver um perfil profissional mais consciente e que corresponda às suas expectativas. Além disso, você se torna mais realista com a sua carreira, evitando erros e decepções.

Faça uma autoavaliação

Já que o planejamento de uma carreira começa pelo autoconhecimento, a melhor maneira de ter mais clareza sobre o seu perfil profissional é fazer uma autoavaliação.

É claro que olhar para o mercado e pensar em remuneração salarial também é importante. Entretanto, sem saber quem você é, quais são suas características emocionais e o que realmente quer, as chances de ficar preso em uma profissão que não traz satisfação são grandes.

Antes mesmo da graduação, o estudante precisa pensar em como ele deseja se ver no futuro, o que espera encontrar em uma profissão e quais os seus pontos fortes e fracos  e que, portanto, precisam ser melhorados. O período da graduação deve ser usado para você descobrir como pode contribuir de maneira positiva dentro de uma organização e se preparar para as oportunidades que vão surgir.

Faça um teste de perfil comportamental

Na teoria, conhecer seus potenciais e fraquezas parece fácil, mas encontrar essas respostas é mais complicado do que parece, não é? Para ajudar estudantes e até mesmo profissionais que estão se sentindo perdidos, fazer um teste de perfil comportamental pode ser muito valioso. Essa ferramenta ajuda indivíduos a identificarem suas características comportamentais, habilidades e crenças limitantes.

Dentre os mais comuns estão os testes vocacionais, que apresentam as profissões mais condizentes para os diferentes perfis, e os DISC, sigla que reúne as palavras Dominância, Influência, Estabilidade e Complacência.

Em resumo, ele analisa a maneira com que você encara os problemas, como interage com outras pessoas, como age diante das mudanças e como lida com regras e ordens. Entender essas quatro áreas é uma maneira de conhecer a si mesmo, o que precisa ser melhorado e em que tipo de trabalho você pode suceder.

Leve em conta as suas experiências

Para quem ainda nem entrou na universidade, é difícil entender como vida pessoal e profissional estão intimamente ligadas. Cada experiência, relacionamento e trabalho feito contribui para a sua formação e atuação profissional. Portanto, ao criar o seu perfil, leve em consideração habilidades e competências pessoais que podem ser relevantes para a sua carreira, como:

  • Sou bom trabalhando em grupo?
  • Sou uma pessoa sociável e que lida bem com outras pessoas?
  • Consigo cumprir prazos?
  • Sou organizado e responsável?
  • Minha participação já fez a diferença em trabalhos escolares e projetos?
  • Já fui premiado em alguma atividade acadêmica?

Esses são apenas exemplos que podem dar destaque à sua carreira e ajudá-lo a definir o seu perfil profissional com mais clareza. Além disso, eles vão enriquecer o seu currículo na busca pela primeira oportunidade de emprego no futuro.

Encare as mudanças

Na fase do vestibular e do Enem, ainda é muito difícil ter em mente tudo aquilo que espera você para o futuro. Na verdade, são raros os casos de estudantes que vão até o fim da gradação com as mesmas aspirações de carreira de quando começaram.

Nem todas as pessoas acertam na escolha do curso logo de primeira! Se você perceber que esse é o seu caso, não tenha medo de fazer mudanças. A graduação é um importante momento de aprendizado e evolução, além de ser a hora certa de encaminhar a sua profissão na direção que fará você feliz. É nela que você descobrirá talentos, agregará conhecimento e formará  o seu perfil profissional.

Viu só? Traçar o seu perfil profissional pode fazer toda a diferença na sua jornada. Tenha em mente que obstáculos surgirão durante toda a sua carreira, mas, ao entender quem você é e quais metas possui, fica bem mais fácil encará-los e encontrar os caminhos que vão transformar seus sonhos em realidade.

Gostou das nossas dicas? Quer mais conteúdo sobre estudos e carreira? Então, siga nossa página no Facebook e acompanhe todas as atualizações e novos posts!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This