O que é uma boa nota no ENEM? Saiba de quanto você precisa para passar!

Conseguir uma boa nota no ENEM: essa é uma das principais preocupações de quem deseja ingressar no ensino superior. Ao mesmo tempo, sabemos que esse é um momento bastante desafiador, especialmente para quem precisa conciliar estudo e trabalho. Em meio à rotina corrida, a motivação de quem se prepara para o ENEM está em saber que aí está uma excelente possibilidade de melhoria de vida e construção de um futuro promissor graças à graduação.

Que tal um empurrãozinho extra rumo à conquista desse objetivo? A verdade é que, quando o assunto é processo seletivo, tudo fica mais fácil se o candidato tiver uma meta clara. Pronto então para esclarecer o que é uma boa nota no ENEM e quanto você precisa para passar? Confira nosso post para aumentar suas chances!

Como a nota do ENEM é calculada?

De modo geral, é difícil tentar adivinhar a nota que um candidato terá, uma vez que o Ministério da Educação e Cultura (MEC) usa um cálculo bastante complexo. Mas é claro que vale a pena entender o básico sobre o funcionamento desse sistema.

A nota no ENEM é calculada a partir de 2 tipos de exercícios: questões objetivas, em que os candidatos assinalam respostas de múltipla escolha, e redação. Ambas as etapas têm grande importância para a nota final. Entenda melhor!

Questões objetivas

Nas provas objetivas, o ENEM usa a Teoria da Resposta ao Item (TRI) para calcular a nota. Essa metodologia analisa os acertos e erros de questões previamente determinadas como fáceis, médias e difíceis. Basicamente, isso quer dizer que o candidato perde mais pontos ao errar exercícios fáceis, por exemplo.

Além disso, as notas também são definidas a partir da comparação com o desempenho de outros alunos em relação a essas mesmas perguntas. A coerência nas respostas também é avaliada. Nesse sentido, o sistema é capaz de identificar chutes, dando menos pontos para aqueles acertos que aconteceram por pura sorte.

Bastante complexo, não acha? Mas sem desespero. O importante é saber que você deve garantir acertos nas questões que todo mundo acerta e procurar se diferenciar ao encontrar as respostas corretas dos enunciados mais difíceis. Para tudo isso, não tem jeito: é imprescindível estudar.

Prova de redação

Enquanto a prova objetiva conta com um sistema de cálculo de pontos feito por computador, as redações são corrigidas manualmente, uma a uma. As leituras dos textos são anônimas e cada dissertação é conferida por pelo menos 2 avaliadores. As notas dessas 2 correções são somadas e divididas por 2, gerando uma média que corresponde à nota final.

Os profissionais responsáveis pelas correções analisam 5 quesitos, atribuindo até 200 pontos a cada um. É preciso acertar no emprego da norma padrão, na compreensão da proposta de redação, na estrutura de um texto argumentativo, na defesa de um ponto de vista coerente e na elaboração de propostas para qualquer que seja o problema abordado.

Qual a nota mínima para passar no ENEM?

O Exame Nacional do Ensino Médio pode ser usado para a aprovação em programas como ProUni, FIES e SiSU, além de, em alguns casos, permitir a entrada direto na faculdade. A nota mínima para passar no ENEM depende, portanto, do objetivo do candidato. Confira a seguir alguns critérios!

Nota mínima para passar no ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) concede bolsas de estudo em faculdades e universidades particulares. O ProUni exige nota mínima tanto para a inscrição como para o processo seletivo.

Para se inscrever, o candidato deve ter prestado o ENEM no ano imediatamente anterior. A nota mínima nas questões objetivas é de 450 pontos. Em relação à redação, é obrigatório não ter zerado a prova.

Depois de inscrito, o candidato disputa vagas com outros estudantes que também fizeram o ENEM. Nesse caso, a nota precisa ser mais alta que a dos concorrentes.

A menor nota para cada curso é chamada de nota de corte. Enquanto em cursos menos concorridos essa pontuação pode ser de 450, em graduações como Medicina, a nota de corte chega a ser de 800 pontos.

Além disso, vale lembrar que as bolsas do ProUni são destinadas a estudantes com renda familiar bruta mensal de até 3 salários mínimos por pessoa.

Nota mínima para conseguir o FIES

O FIES é o financiamento estudantil oferecido pelo governo federal. Como a cada ano os critérios de renda familiar variam, é necessário conferir o edital para não se enganar.

Por enquanto, para se inscrever nesse programa, o aluno deve ter participado do ENEM a partir de 2010, com nota de pelo menos 450 na média geral, além de não ter zerado a redação.

Nota mínima para passar no SiSU

O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) abre vagas em universidades públicas sem para isso ser preciso fazer vestibular. Mais uma vez, é preciso ter participado da edição mais recente do ENEM, além de não ter zerado a redação.

Nesse caso, não há pontuação mínima. Assim, quem tem a maior nota leva a vaga. Nesse contexto, tudo dependerá de quão concorrido é o curso desejado.

Nota mínima para entrar em faculdade particular sem vestibular

Esse é um dos usos mais comuns do ENEM, até porque costuma ser mais tranquilo. No entanto, como cada instituição particular tem suas próprias regras, é preciso consultar o edital do processo seletivo da faculdade de seu interesse.

Todas as instituições avaliam da mesma forma?

Como comentamos acima, se seu objetivo é usar o ENEM para entrar em uma faculdade privada, é preciso lembrar que as instituições têm seus próprios critérios. O que muda é que cada universidade pode variar o peso das notas para as diversas áreas, bem como o peso dado à redação.

No processo seletivo da UniNorte, por exemplo, a nota do exame tem um valor alto. Nesse caso, você não precisa prestar vestibular para ingressar em uma graduação, bastando apresentar o boletim do ENEM no ato da matrícula. Nesse documento estão todas as notas obtidas pelo candidato. Com essas mesmas notas, o candidato ainda pode concorrer a vagas no ProUni e FIES para estudar na universidade.

Enquanto o Programa Universidade para Todos (ProUni) disponibiliza bolsas de estudo de 50% a 100%, o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) oferece financiamentos com juros que variam dependendo do perfil da pessoa.

O ENEM é igual todos os anos?

Uma informação importante é que, em diversos casos, as provas dos anos anteriores podem ser usadas para a entrada na faculdade — desde que não seja por meio dos programas do governo. Existem universidades, portanto, que permitem usar as notas do ENEM de até 3 anos atrás. Esse aproveitamento é especialmente útil, já que o exame é diferente a cada ano.

Ainda assim, conhecer o que aconteceu no ano anterior pode ajudá-lo a se preparar, já que saberá ao menos o que esperar. Para compreender melhor, vamos analisar o que aconteceu em 2017?

Notas do ENEM em 2017

Redação

Só 53 candidatos alcançaram o desempenho máximo na redação (nota 1000), enquanto 309.157 tiraram nota 0. Entre quem zerou a prova, 5,01% dos candidatos fugiram do tema, 0,80% entregaram em branco, 0,33% apresentaram texto insuficiente, 0,17% tiveram partes desconectadas, 0,11% não seguiram o tipo de texto esperado, 0,09% plagiaram o texto motivador. Os 0,03% restantes zeraram a prova por outros motivos.

Resumindo:

  • média geral: 558,0;
  • média concluintes (candidatos no ano de conclusão do Ensino Médio): 560,6;
  • média egressos (candidatos que já tinham concluído o Ensino Médio em anos anteriores): 556,9;
  • média treineiros (participantes que estão fazendo o exame apenas para praticar): 570,6.

Veja a seguir as avaliações obtidas em cada área do conhecimento!

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

  • Máxima: 788,8;
  • mínima: 299,6;
  • média geral: 510,2;
  • média concluintes: 506,5;
  • média egressos: 513,84;
  • média treineiros: 516,86.

Ciências Humanas e suas Tecnologias

  • Máxima: 868,3;
  • mínima: 307,7;
  • média geral: 519,3;
  • média concluintes: 517,4;
  • média egressos: 522,24;
  • média treineiros: 526,68.

Matemática e suas Tecnologias

  • Máxima: 993,9;
  • mínima: 310,4;
  • média geral: 518,5;
  • média concluintes: 522,3;
  • média egressos: 516,62;
  • média treineiros: 538,77.

Ciências da Natureza e suas Tecnologias

  • Máxima: 885,6;
  • mínima: 298,0;
  • média geral: 510,6;
  • média concluintes: 508,4;
  • média egressos: 512,48;
  • média treineiros: 519,36.

O que então é uma boa nota no ENEM?

Ao conferir este conteúdo, você teve a oportunidade de descobrir que uma boa nota no ENEM varia de caso para caso, certo? Tudo depende do objetivo do candidato em relação ao tipo de ingresso no ensino superior e ao curso pretendido. Assim, cada caso é um caso. De toda forma, um fator se aplica a todas as situações: quanto mais preparado você estiver, maiores serão suas chances!

Agora, tendo lido até aqui e a caminho do ENEM, chega a hora de decidir onde você vai estudar. Em dúvida? Aproveite para conferir este nosso outro post que aborda o que é preciso levar em conta para tomar essa decisão!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This