Norte do Brasil: como anda o mercado de trabalho?

Seja se adaptando ou criando novas demandas, o mercado de trabalho está sempre se reinventando. Você já reparou como, atualmente em nosso país, novos perfis de profissionais têm sido exigidos? Cada vez mais, as empresas buscam pessoas com capacidade de executar tarefas práticas, mas também com visão do todo e, claro, um bom entendimento da sua área profissional.

Ao mesmo tempo, sabemos que cada caso é único e que o contexto varia de uma região para a outra. Pensando nisso, nosso objetivo neste post é mostrar como anda o mercado de trabalho na região Norte do Brasil.

Vamos destacar as melhores áreas para quem está procurando por emprego, ainda trazendo dicas importantes sobre como se preparar para o mercado de trabalho em 2018. Quer ingressar no mercado ou conseguir um emprego melhor? Então não deixe de ler!

Como anda o mercado de trabalho no Norte do Brasil?

Por muitos anos, o mercado de trabalho do Norte do Brasil ficou atrás de outras regiões, como a Sudeste. As oportunidades até estavam presentes, mas em menor quantidade e em um leque ainda limitado de áreas de atuação. Hoje em dia, a situação é outra.

É claro que cada região continua tendo suas particularidades, mas o fato é que o mercado de trabalho no Norte do Brasil está bem mais favorável. Desde que você saiba quais são as áreas com maior demanda e como se preparar adequadamente para elas, certamente terá sucesso.

Segundo levantamento, desde 2017, o Brasil como um todo já mostra inúmeros sinais de recuperação da última crise econômica. Para você ter uma ideia, o número de contratações atualmente já supera as demissões em todo o país. Como não poderia ser diferente, o mercado da região Norte reflete essa realidade.

Quais são as melhores áreas para conseguir emprego?

Contabilidade

Se antigamente muitas empresas tinham contadores por pura obrigação, a realidade agora mudou. Profissionais de Ciências Contábeis se tornaram parceiros estratégicos fundamentais para garantir a lucratividade e o crescimento dos negócios. Nessa área, você pode desempenhar vários cargos de processamento de informações e gestão de dados financeiros.

Desenvolvimento humano

Se por um lado existem muitas pessoas procurando por trabalho, por outro, as empresas têm dificuldade para treinar e reter bons profissionais. Nesse cenário, quem estuda Administração ou Psicologia costuma sair na frente, encontrando oportunidades de atuação com recursos humanos e desenvolvimento de talentos nas empresas.

Engenharia

Por ser uma área de alta complexidade, a Engenharia está sempre em busca de novos profissionais que tenham as competências necessárias para atuar bem na área. Existem vários cursos disponíveis, desde a Engenharia Civil até a Engenharia Química.

Mídias digitais

Sabemos que atualmente as pessoas passam o dia todo conectadas na internet, não é verdade? Por isso, quem entende de redes sociais e mídias digitais tem emprego praticamente garantido! Aliás, essa é uma excelente opção para quem deseja fazer um curso mais rápido.

Mercado financeiro

O mundo dos investimentos sempre movimenta grandes valores. Com isso, acaba gerando muitos empregos. Com a expansão da região Norte do Brasil, cada vez mais pessoas buscam aconselhamento para investir e multiplicar seu patrimônio. Aqui, uma questão importante é que geralmente quem trabalha nessa área é formado em Economia ou Engenharia.

Tecnologia da Informação

Não é novidade para ninguém que o setor de informática e TI cresce diariamente em todas as regiões do país. O melhor é que, como a área é extremamente carente de bons profissionais, os salários são bastante atrativos. Cursos como Engenharia da computação e Tecnologia em Análise de Desenvolvimento de Sistemas são muito valorizados.

Como se preparar para o mercado de trabalho em 2018?

Invista em um curso

Imagine que você está contratando alguém e, por isso, tem que analisar diversos currículos. Quem você prefere contratar: um trabalhador que tem alguma experiência, mas parou de se atualizar, ou alguém que, mesmo jovem, está buscando se qualificar e crescer na profissão?

Ter um curso de qualidade no currículo diz muito sobre a postura com que o profissional vai encarar o trabalho. Afinal de contas, se ele está investindo em educação é porque leva aquela carreira a sério, com planos de continuar se atualizando e exercendo a profissão com excelência futuramente.

Desenvolva suas competências

É claro que ninguém entra em uma empresa sabendo de tudo. Assim, é mais que natural que cada profissional contratado passe por um período de adaptação. De toda forma, correr atrás do desenvolvimento de suas competências antes mesmo de ser admitido só tem a acrescentar.

Estamos falando tanto de capacidades práticas, como o domínio de programas de computador, até questões como inteligência emocional e capacidade de planejamento. Essas habilidades podem ser adquiridas por meio de cursos de extensão, educação a distância, palestras, workshops, eventos e seminários, entre outras oportunidades.

Seja dinâmico

Hoje em dia, os empregadores estão buscando um novo perfil de funcionário. As empresas procuram profissionais dinâmicos, capazes de atuar de diferentes formas e desempenhar as mais variadas atividades. Em outras palavras: ser multitarefa nunca foi tão valorizado!

Além disso, ao participar de entrevistas, mostre que você está disposto a atuar nas funções que a empresa necessitar, aprendendo sobre outros departamentos. Isso faz muita diferença para quem contrata, já que o dia a dia dos locais de trabalho está sempre em evolução.

Mantenha-se sempre atualizado

Como comentamos, fazer um curso de qualidade e buscar educação complementar faz muita diferença. Porém, isso não quer dizer que você deva ficar restrito à educação formal. Ao mesmo tempo em que busca uma graduação e cursos de extensão, é fundamental estar sempre lendo e pesquisando sobre a área em que pretende trabalhar.

Os empregadores percebem rapidamente quais são os profissionais realmente interessados e em constante processo de atualização. Pode saber: o sonho de todo chefe é ter uma equipe que se atualiza por conta própria, sem que a empresa precise exigir ou cobrar novas leituras, estudos e cursos.

Prepare um bom currículo

Um bom currículo deve ser simples e direto, ao mesmo tempo em que destaca suas principais competências. Alguns itens que devem estar presentes são:

  • apresentação pessoal (ao menos nome e idade);
  • dados para contato (telefone e e-mail);
  • experiência (caso tenha);
  • educação (ensino médio, cursos e graduação).

Você também pode mencionar seus interesses e hobbies. Se você foi campeão praticando algum esporte na época da escola, por exemplo, isso pode denotar um espírito de equipe e vontade de vencer.

Como vimos ao longo deste post, a região Norte do Brasil vive um momento de recuperação econômica e aumento dos postos de trabalho, com um maior número de contratações surgindo como consequência. Habilidades específicas são sempre bem-vindas, assim como cursos nas áreas que estão em ascensão e apresentam mais oportunidades.

Gostou deste conteúdo, mas ficou com alguma dúvida? Você teve alguma experiência no mercado de trabalho no Norte do Brasil que gostaria de compartilhar? Deixe seu comentário aqui e participe da conversa!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This