Não sabe como melhorar a concentração? Separamos 7 dicas para você!

Com as atribulações típicas do dia a dia e as inúmeras distrações que cercam a todos, manter o foco em uma única ação tem se tornado cada vez mais difícil. Por isso, descobrir como melhorar a concentração é um dos grandes desafios da vida moderna.

Das tarefas mais complicadas até as mais simples, tudo o que fazemos precisa de atenção para ser realizado de modo satisfatório. Se não for assim, o desempenho fica comprometido, e a tarefa tem que ser repetida, causando perda de tempo ou mesmo prejuízos financeiros.

Essa falta de foco é um problema ainda maior quando dependemos dele para alcançar o sucesso em algo muito importante, como um bom resultado nos estudos ou a realização de uma atividade no trabalho. Nesses casos, conseguir se concentrar é realmente imprescindível.

Se esse também é um desafio na sua vida, você chegou ao lugar certo. A seguir, vamos dar 7 ótimas dicas de como melhorar a concentração para ajudar a resolver esse problema. Confira!

1. Limite o uso das redes sociais

Uma das maiores distrações para muitas pessoas são as redes sociais. A tentação de ver o que os amigos estão compartilhando é constante e, frequentemente, elas cedem com a desculpa de que estão dando só uma olhadinha, por apenas alguns minutinhos. O problema é que uma hora inteira — ou mais tempo — pode se passar antes que você se dê conta.

Assim, o ideal é se desconectar das redes sociais nos momentos que exigirem concentração, como a hora de estudar ou de trabalhar. Isso não quer dizer que você precisa parar de utilizá-las, até porque pode haver muita informação relevante por lá, basta apenas deixar para acessá-las no seu tempo livre.

2. Faça uma coisa de cada vez

A pressão de cumprir metas cria uma sensação de que, para dar conta de tudo, é necessário fazer várias coisas ao mesmo tempo. Essa prática já ganhou até um nome — multitasking, que significa multitarefa — e costuma ser associada à produtividade, mas nem sempre funciona como se espera.

Imagine ter que estudar para várias provas e tentar assimilar os conteúdos de Física e Química ao mesmo tempo. As chances de acabar não aprendendo e, para piorar, ainda confundir tudo são imensas. Por isso, a fim de evitar distrações e conseguir se concentrar no que precisa ser feito, é melhor dedicar um tempo para cada atividade e, assim, realizá-las da melhor maneira possível.

3. Encontre um local apropriado

Além das notificações das redes sociais, outros estímulos, como o ruído da televisão e a presença de outras pessoas também atrapalham bastante a concentração. Desse modo, o recomendado é procurar um local mais tranquilo, sem tanta influência externa.

É interessante, ainda, que esse local seja adequado para a tarefa que você precisa realizar. Se estiver estudando, por exemplo, o ideal é preferir a mesa à cama, que pode ajudar a dar sono. Nesse sentido, uma boa dica de como melhorar a concentração é estudar na biblioteca, um lugar onde você vai encontrar tanto a mesa de estudos quanto a tranquilidade necessária para isso.

4. Alimente-se bem

A correria da vida moderna muitas vezes não deixa tempo suficiente para preparar as próprias refeições. Uma das consequências disso é que os almoços em redes de fast-food e restaurantes a quilo são mais frequentes, resultando em pratos calóricos que dificultam a digestão. Entre outros problemas, isso provoca desconforto e sonolência, o que atrapalha a concentração.

Para mudar esse cenário, é importante manter uma dieta balanceada, observando melhor os alimentos que são ingeridos e suas quantidades. Além disso, existem alimentos que ajudam na memória e na concentração. O café, em quantidades moderadas, é um exemplo disso.

5. Faça atividades físicas

O sedentarismo, outra consequência da rotina atribulada, provoca cansaço e dificuldade de concentração. Por outro lado, quem se exercita apresenta uma maior capacidade de manter o foco e de assimilar informações. Assim, é necessário encontrar alguma maneira de encaixar as atividades físicas na agenda.

Pode parecer difícil fazer isso, mas é apenas uma questão de hábito. Para acabar com o sedentarismo, não é obrigatório frequentar uma academia e fazer horas de exercícios. Você pode começar com atividades mais simples, como subir as escadas em vez de pegar o elevador, fazer meia hora de caminhada algumas vezes por semana e andar de bicicleta. O organismo logo vai sentir a diferença.

6. Descanse

Quando o corpo está cansado, é muito difícil manter o foco para realizar qualquer atividade, até as mais simples do cotidiano. Por isso, além de praticar exercícios físicos, também é importante respeitar o tempo de descanso que o corpo precisa para se recuperar e enfrentar um novo dia.

Desse modo, deve-se procurar dormir no horário certo e durante 8 horas em média. Outra atitude que ajuda a melhorar a concentração é fazer pequenos intervalos durante a realização de qualquer tarefa, porque o cérebro tende a ficar disperso depois de focar em alguma coisa por muito tempo, então é melhor dividir a ação em etapas.

7. Pratique meditação

Outra dica de como melhorar a concentração é dar uma chance para a prática da meditação. Entre outros benefícios, como a melhora na qualidade do sono e a diminuição do estresse e da ansiedade, a meditação ainda ajuda na concentração.

O mindfulness — também chamado de atenção plena —, por exemplo, é um tipo de meditação que faz a pessoa se concentrar justamente no momento presente. Com isso, é possível desenvolver técnicas para se concentrar melhor nas atividades da rotina.

Por fim, vale ressaltar que a falta de foco pode estar relacionada a alguma condição de saúde, como o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) e a depressão, entre outras doenças. Logo, vale a pena investigar as causas da dificuldade e, se for o caso, procurar ajuda profissional para saber como melhorar a concentração. Desse jeito, o problema certamente será resolvido.

Então, gostou das dicas que apresentamos? Siga as nossas páginas nas redes sociais e fique por dentro de outros conteúdos como este! Você pode nos encontrar no Facebook, no Twitter, no Instagram e no YouTube.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This