Mercado de estética: descubra quais são as tendências e como se capacitar

O mercado de estética segue aquecido e em franca expansão. Um estudo realizado pelo Sebrae aponta que o número de centros estéticos e salões de beleza cresceu quase 600% no país, entre 2010 e 2015. A expectativa é de que até 2020 o setor cresça mais 14%. O que isso significa? Que existe um forte potencial para empregabilidade e conquista de resultados.

Para alcançar sucesso no negócio da beleza, é preciso acompanhar as tendências. Pensando nisso, conversamos com Luciana Vilhena, professora do curso superior em estética da UniNorte. Bióloga e esteticista por formação, a especialista é autoridade em dermocosméticos e, atualmente, finaliza um mestrado em educação em Portugal.

Quer conhecer as principais tendências em estética e saber como se capacitar para o mercado de trabalho? Então, continue a leitura deste post!

Mercado de estética: tendências e possibilidades

O mercado da estética é amplo e versátil. Isso faz com que o esteticista possa atuar em diversas subáreas. Entre os principais segmentos estão:

• biomedicina estética;

• tratamentos faciais;

• tratamentos corporais;

• tratamentos capilares;

• serviço personalizado de atendimento (SPA);

• cuidados com mãos e pés;

• maquiagem profissional e treinamento;

• embelezamento do olhar, para cílios e sobrancelhas.

“A grande sacada no mercado de estética é ser um profissional preparado para interpretar os ramos do setor e utilizar isso a favor do seu trabalho”, explica Luciana Vilhena. Por movimentar a economia, há muito investimento e estudos para o lançamento de novos aparelhos e ativos cosméticos — o que configura uma indústria de muita tecnologia.

Entre tantas possibilidades apresentadas pela indústria da estética, algumas se destacam. Confira quais são elas a seguir:

Fotodepilação

“O mercado de fotodepilação está em franca expansão”, destaca Luciana. O grande crescimento do número de franquias da área em todo o país mostra um potencial para tal. “Especificamente em Manaus, é visível o aumento de negócios especializados em depilação a laser”, ressalta.

Design de sobrancelhas

Outro segmento do mercado de estética que está em uma crescente é o que envolve serviços de design de sobrancelha e micropigmentação. “A beleza do olhar está ganhando cada vez mais espaço”, afirma a especialista, que reforça que essa é uma tendência que vai seguir com muita força no setor.

Embelezamento masculino

“O tabu de que o homem não se cuida ou que o homem não presta atenção à sua própria aparência está ficando para trás”. Luciana Vilhena lembra que estão surgindo muitas barbearias, que oferecem serviços diversos com foco nesse embelezamento masculino.

Cuidados com os cabelos e com a barba, além de manicure e pedicure para homens, são alguns dos serviços mais procurados. “Até o design de sobrancelhas do homem é um mercado promissor, porque é feito de maneira única — diferentemente do feminino”, ressalta.

Beleza ecologicamente correta

“O consumidor está cada vez mais atento às marcas que estão trazendo uma pegada natural e orgânica”. Por isso, estão surgindo produtos de beleza veganos, livres de crueldade animal (ou seja, que não são testados em animais) e ecologicamente corretos.

Luciana explica que o consumidor está exigente e analisa rótulos de produtos. Antes de comprar, é comum que as pessoas verifiquem até mesmo os componentes presentes na fórmula. Por isso, “sabem quais produtos fazem mal para a pele, quais elementos podem ser tóxicos ou mesmo cancerígenos”.

Visagismo

A consultoria de imagem com foco no visagismo também é um serviço muito procurado no mercado de estética. “É claro que ele diz mais respeito às pessoas com um poder aquisitivo alto, mas é um mercado importante”, diz Luciana.

No visagismo, são realizadas análises que incluem o perfil do cliente, seu tipo de sobrancelha, formato de rosto e temperatura de pele. Tudo isso para que o profissional capacitado possa indicar desde roupas, até corte de cabelo, maquiagem, desenho de sobrancelha etc.

“O profissional precisa se destacar a partir daí, ao estar sempre antenado e informado para o que é tendência”, finaliza.

A importância da ética profissional

Uma coisa que nunca sai de moda no mercado de estética é a ética profissional, até mesmo acima de todo conhecimento e ciência. “Não adianta ter a melhor clínica, trabalhar com os melhores produtos ou mesmo ter muito conhecimento. Se não for um profissional ético naquilo que faz, com certeza você não dura muito nesse mercado”.

A especialista em estética explica que o setor tem regras rígidas. Por isso, não se pode ultrapassar os limites de atuação como profissional. “Temos um crescimento muito grande do mercado clandestino, tanto de imitações de maquiagens, quanto de produtos e aparelhos — tudo isso é extremamente perigoso”, alerta Luciana.

Ter uma atuação que respeita as normas e as certificações faz com que esse profissional conquiste a confiança do mercado e desempenhe uma prática séria e correta.

Por isso, “a ética profissional é o que não sai de moda”, reforça Luciana, que complementa que “o profissional deve estar à altura desse mercado que é muito exigente”.

Agora que você já sabe quais são as tendências do mercado de estética, confira abaixo como explorar as oportunidades do setor.

Universo da beleza: oportunidades

O profissional que se habilita como esteticista, seja técnico ou tecnólogo, pode trabalhar em várias empresas e vertentes. Conheça algumas:

  • SPAs e centros de beleza, oferecendo tratamentos estéticos;
  • em parceria com médicos dermatologistas ou cirurgiões plásticos, auxiliando no pós-operatório;
  • ministrando treinamentos ou atuando na área da docência, com cursos voltados para especialização;
  • como empreendedor, montando seu próprio negócio;
  • tatuando no ramo do embelezamento do olhar;
  • investindo no segmento dos cuidados com o cabelo, com terapias capilares.

Portanto, se você está interessado nas oportunidades do setor da estética, lembre-se de que é primordial se especializar!

Aprendizado em estética: como se especializar

No mercado de estética, o profissional precisa estar sempre antenado para não perder as grandes novidades. Afinal, o setor está em expansão, mas é muito competitivo.

“Ser um bom profissional é algo que envolve dom, talento profissional, mas também muito esforço, dedicação e investimentos na área”, explica Luciana.

Como se destacar no mercado de trabalho

O curso de Tecnologia em Estética e Cosmética ofertado pela UniNorte é uma dessas apostas que faz o profissional sair na frente no concorrido mercado de trabalho.

“É um curso tecnólogo, que tem duração menor, se comparado aos bacharelados e licenciatura. Mas é muito mais voltado para a técnica, apesar de ter uma base relevante em teoria e ciência”, explica.

Em dois anos e meio, o profissional se habilita para atuar em um setor que envolve todo o ramo da estética corporal, facial e capilar.

Além da oferta da graduação em estética, a UniNorte também recomenda que o profissional tenha uma participação ativa em cursos livres, workshops, congressos.

De acordo com Luciana, “o cliente valoriza quando o profissional que ele escolhe tem certificados, diplomas; tem um conhecimento e uma autonomia para trabalhar naquela área”. É isso que deixa o cliente seguro para optar por um serviço ou profissional.

As tendências do mercado de estética e cosmética como carreira são muitas, dos cuidados com a beleza do olhar ao visagismo, passando pelos tratamentos corporais e capilares. Mas o profissional que quiser se destacar deve buscar novos cursos e participar de treinamentos que envolvam esse universo.

Então, quer ser uma especialista em estética? Entre em contato e conheça os cursos da UniNorte!

O material completo sobre a faculdade de BiomedicinaPowered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This