Estudar para o vestibular: saiba por onde começar

Ao tomar uma decisão importante como a realização de um vestibular ou Enem, o estudante precisa ter em mente que sua rotina passará por mudanças. Sim, aquele happy hour com os amigos às quintas-feiras e a programação intensa de lazer nos finais de semana terão que ser revistos. Entenda desde já: estudar para o vestibular exige alguns esforços, mas, no fim das contas, vale muito a pena!

A preparação para a prova deve ser cuidadosamente planejada. É aí que muitos estudantes costumam tropeçar, sem saber exatamente por onde começar. Na prática, a elaboração de um bom planejamento de estudos e a definição de prioridades devem ser as primeiras atitudes a tomar. Mas existem outras ações que podem contribuir demais para sua rotina ao lado dos livros, viu?

Pensando justamente nisso, trouxemos neste post algumas dicas para ajudá-lo a estudar para o vestibular. Depois dessa leitura, você saberá, de forma eficiente e certeira, por onde começar a estudar. Acompanhe!

Defina exatamente o que quer para sua vida

Tudo bem que a escolha de uma profissão não é tarefa das mais simples, mas é essencial que você já tenha isso muito bem definido ao iniciar seus estudos. Pesquisar sobre as disciplinas que cursará na graduação pretendida, conhecer suas particularidades e como é o mercado de trabalho na área é uma prática recomendadíssima para se fazer uma boa escolha.

Com isso devidamente definido, você consegue direcionar melhor os estudos e, claro, aumentar sua motivação — o que é fundamental para ter êxito em sua preparação! Do contrário, sem saber ao certo o que quer, fica bem mais complicado encontrar ânimo para encarar uma rotina mais pesada de estudos.

Outro ponto importante nessa definição e que influencia muito em seu aproveitamento é: nada de se deixar pressionar por expectativas alheias. Tome essa decisão com base no que você quer para seu futuro! Você gosta de Arquitetura, mas tem pensado em cursar Direito só porque é um desejo dos seus pais? Melhor repensar. Foque naquilo que realmente trará satisfação e motivação para estudar para o vestibular.

Faça um planejamento e um cronograma

Como mencionamos brevemente no início deste post, é fundamental traçar um bom planejamento, aliado a um cronograma que leve em conta os horários de suas demais tarefas diárias. São essas ferramentas que indicarão as matérias a serem estudadas em cada dia, respeitando sempre as prioridades estabelecidas por você.

Lembre-se, contudo, de que diversas situações podem interromper sua preparação. Se essas possibilidades estiverem mais ou menos previstas, melhor. Muitos estudantes organizam suas rotinas de estudos sem lembrar que, durante o ano, incidentes inesperados certamente vão surgir. Muitas dessas vezes, pelo simples susto, o processo desanda. É bom, portanto, levar esses fatores em consideração, planejando um tempo total maior.

Quer outra ótima dica para cumprir todo o cronograma elaborado e ser eficiente na hora de estudar? Procure encarar os estudos como se tivesse exercendo sua profissão! Organize-se com precisão, cumpra horários, faça cronogramas de trabalho e siga todo esse processo com muita seriedade.

Essa é uma excelente maneira de se disciplinar e adquirir responsabilidade para se tornar um bom profissional. Afinal de contas, no trabalho, você não terá como esperar até ter vontade de fazer certas tarefas (como muitas vezes fazemos ao estudar), não é mesmo? Então tenha consciência disso desde já!

Elimine ao máximo as distrações do dia a dia

Grandes adversários que você terá que vencer em sua rotina de estudos são as distrações. Principalmente na época em que vivemos, com as sempre movimentadas redes sociais, é muito comum deixarmos de fazer algumas atividades do nosso cotidiano para dar espiadinhas básicas no que está acontecendo por lá. Mas se o foco está no vestibular, você terá que superar essas (e outras) distrações.

Logicamente, isso não quer dizer que é preciso excluir seu perfil nas redes sociais para conseguir passar no vestibular — a não ser que isso se torne um problema grave e esteja, de fato, impedindo seus estudos. Até porque, ao contrário do que muitos pensam, lazer e entretenimento devem fazer parte da rotina do estudante, desde que com certa moderação.

Videogames e celulares também são outros difíceis adversários a serem superados. Por isso, dependendo do seu vício nesses aparelhos, mantenha-os desligados (e de preferência longe de você) durante o período de estudos.

Não adianta programar em seu cronograma 2 horas de dedicação para determinada matéria e ficar outras 2 alternando entre Facebook, WhatsApp e videogame, por exemplo. Lembre-se de que essa atitude só deixará seu sonho de passar no vestibular mais distante. Então faça uma forcinha extra!

Desenvolva o prazer de estudar para o vestibular

Diferentemente do que muitos podem pensar, é sim possível, com a rotina, aprender a gostar de estudar. Isso acontece em muitas áreas da nossa vida, como na alimentação (tipos de comidas que passamos a gostar com o consumo diário) e até na prática de exercícios físicos (determinada atividade que, só de olhar, já dava preguiça de fazer, mas que depois de um tempo passa a ser prazerosa). Pois com os estudos também pode funcionar assim!

Para que isso seja possível, evite já iniciar uma atividade com pensamentos negativos. Começando uma tarefa com desânimo, seu cérebro não o ajudará tanto na fixação do que está sendo estudado. Enquanto isso, quando você faz algo prazeroso, como ficar nas redes sociais ou ver TV, tudo parece fluir com tanta naturalidade, não é verdade? Imagine se fosse assim com os estudos também!

Lembre-se, ainda, de escolher um local apropriado para estudar diariamente. Quanto menos barulho e distrações, mais eficiente será sua preparação e mais facilmente o conteúdo estudado será fixado. Uma boa iluminação e ventilação também costumam ajudar, assim como a organização do ambiente.

Com as dicas que trouxemos neste post, você tem agora várias orientações para iniciar de maneira proveitosa sua preparação, passando a estudar para o vestibular com muito mais entusiasmo e dedicação. Pode acreditar: ao final, todo esse esforço será devidamente recompensado!

Quer conhecer outros assuntos relevantes e que podem ajudá-lo a ingressar na universidade? Então solucione agora mesmo suas maiores dúvidas sobre financiamento e bolsas estudantis!

Comments (2)

  1. Gostei das dicas! Gostaria de fazer arquitetura, mas, já Faço Eng. Civil na UniNorte.

  2. Sou muito grato ao Artigo publicado, antes costumava tentar estudar mas sem interesse sempre me sentido forçado a fazer aquilo, mas agora sei que essa atividade necessária pode se tornar prazerosa a medida que olhamos o ato de estudar como positivo (benéfico) e aumentamos o foco em onde queremos chegar.
    Muito obrigado Uninorte.
    #Bolsade100%Direito❤
    #2°Semestre 💖
    #Uninorte💖

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This