Como escolher uma carreira: confira 6 dicas essenciais

O fim do Ensino Médio sinaliza profundas mudanças na vida do jovem, como o início da sua jornada profissional. Nessa fase, enquanto muitos já têm definidos seus ideais e estão convictos da carreira que querem seguir, diversos outros carregam consigo grandes incertezas sobre o que fazer dali para frente.

Evidentemente, essa não é uma escolha fácil. Afinal de contas, são várias as possibilidades de profissões no mercado, além de inúmeros motivos que acabam pesando na hora da decisão, como a opinião de familiares, o retorno financeiro, a realização pessoal e até o prestígio social.

Justamente pela insegurança ser um sentimento predominante nesse momento, é muito importante pesquisar bem antes de bater o martelo. Essa hora chegou para você? Nada de pânico, porque este post vai ajudar a descomplicar o que parece ser indesvendável, mostrando dicas fundamentais para você escolher uma carreira com máxima segurança. Vamos lá?

Por que motivos as pessoas escolhem uma carreira?

São muitos os motivos e as particularidades que influenciam na hora de decidir qual carreira seguir. Nesse cenário, enquanto algumas pessoas já têm em mente desde cedo o que almejam ser no futuro, seja por uma inspiração profissional de um conhecido ou por um sonho de criança, um grande número de jovens não faz a mínima ideia do que fazer.

Comumente, os principais motivos para a escolha de uma carreira são fundados em aspectos salariais, pressão familiar ou uma simples questão de vocação. Na prática, em um mercado tão competitivo, é mais que normal ficar em dúvida entre salário ou vocação, ainda pesando sobre isso o prestígio social e a pressão dos pais.

O ideal mesmo é não focar apenas nos aspectos financeiros, buscando um equilíbrio entre uma profissão que traga satisfação pessoal e, paralelamente a isso, proporcione um bom retorno financeiro.

Como escolher a carreira certa?

Saber o que você almeja ser no futuro é uma espécie de autoconhecimento que leva em consideração algumas particularidades importantes da sua vida e, claro, contribui para a escolha certeira de uma profissão. Com esse propósito, pense sobre:

  • o que você gosta e quer fazer;
  • que tipo de pessoa você quer ser;
  • quais são seus interesses;
  • com quem você quer conviver.

Esclarecer essas questões sobre seu futuro ajuda a definir sua personalidade e motiva a dar um passo importante na escolha do melhor curso superior a seguir.

Começando pelo autoconhecimento, que é essencial na escolha da carreira, podemos agora partir para outros passos. Confira 6 dicas para não errar na escolha da sua profissão!

1. Faça um teste vocacional

Existem testes vocacionais que avaliam características pessoais do indivíduo, como gostos, interesses, personalidade e habilidades. A intenção é ajudar na escolha da profissão, descobrindo qual caminho que melhor combina com seu jeito de ser.

Algumas instituições de ensino oferecem orientação vocacional gratuitamente. Se não for o caso, porém, saiba que esses testes também podem ser feitos em clínicas psicológicas, bem como em sites dedicados a essa finalidade.

2. Compareça a mostras

Muitas universidades organizam mostras de profissões para ajudar os estudantes nessa difícil escolha. Para isso, oferecem informações valiosas sobre os cursos de graduação ofertados, tudo por meio de palestras e exposições que ajudam a orientar na escolha do curso superior.

Existem ainda outras formas de conhecer as profissões e os cursos, como em guias. Esses materiais normalmente mostram não só as características das graduações e das carreiras, mas também costumam informar sobre quais profissões estão em alta e quais estão em baixa.

3. Pesquise sobre as instituições de ensino

Uma boa pesquisa sobre as instituições de ensino que poderá cursar requer muita atenção, pois é essencial para sua carreira. A melhor maneira de fazê-lo é procurando informações sobre as avaliações do Ministério da Educação (MEC) referentes aos cursos, analisando os indicadores de qualidade.

Outras informações sobre as instituições também são relevantes, como a capacitação do quadro docente, a infraestrutura oferecida pela faculdade e as possibilidades de desenvolvimento dos alunos por meio de intercâmbios.

4. Compare os valores dos cursos

Saber o valor da mensalidade do curso que você pretende fazer é muito importante para se preparar financeira e psicologicamente para dar continuidade aos estudos, sem riscos de desistência.

Também é relevante saber se a instituição de ensino pretendida oferece modalidades de financiamento, como o FIES e o ProUni, ou até mesmo modalidades de auxílio estudantil oferecidas pela própria faculdade.

5. Converse com profissionais da área

A busca por conhecimento sobre as profissões pretendidas, o perfil de cada curso e como é a atuação dos profissionais em suas respectivas áreas, entendendo assim suas particularidades, é muito importante para ajudar escolher uma carreira.

Procure por profissionais que já atuam no campo que você pretende ingressar para conhecer a realidade da profissão, levando em conta tanto aspectos positivos como negativos. Tire suas dúvidas sobre as possibilidades de atuação, as atividades desempenhadas, os obstáculos enfrentados no dia a dia e os benefícios proporcionados.

Pode acreditar: nesse momento, essa é a melhor maneira de entender as particularidades de qualquer área de atuação.

6. Investigue a realidade do mercado

Procure conhecer o mercado de trabalho da área em que você pretende atuar. Afinal, ainda que esteja decidido, é extremamente valioso entender a dinâmica da profissão. Lembre-se de que, para trabalhar, é necessário encontrar oportunidades no mercado.

Para isso, lance mão de todas as ferramentas disponíveis, como internet, eventos e feiras. Assim, você conseguirá ser realista na escolha de uma carreira, evitando falsas expectativas e futuras frustrações.

Tenho que tomar uma decisão para a vida inteira?

Claro que não! Afinal, como seres humanos que somos, podemos facilmente mudar de opinião. Vivenciando diariamente um turbilhão de informações, podemos sim refazer nossos caminhos.

A verdade é que nem todos conseguem acertar de primeira na escolha do curso superior a seguir. Então saiba desde já: iniciar uma faculdade, escolher uma carreira e, de repente, descobrir que aquela não é sua praia definitivamente não é o fim do mundo, viu?

Todos os dias aprendemos coisas novas, mudamos e evoluímos nossas ideias. Com isso, fortalecemos nossa identidade. Não se esqueça de que a vida é um ciclo de eterno aprendizado. Então mude sempre que achar necessário, aproveite o conhecimento adquirido e lembre-se: agregar conhecimento nunca é demais.

E aí, sentiu firmeza nas dicas? Aproveite para conhecer as profissões do futuro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This