Aprenda a montar um plano de estudos para se organizar em 7 passos

Para estudar de forma efetiva, é necessário muita disciplina e concentração, não importa se o objetivo é ser aprovado no vestibular, em um concurso ou em uma disciplina da faculdade. 

Mas o que fazer diante de tantos conteúdos? Você pode se organizar e montar um plano de estudos. Dessa forma, conseguirá criar uma rotina e metas diárias — com horários e temas predefinidos.

Quer saber como se planejar para estudar em 7 passos? Continue com a leitura e veja como arrasar nas provas!

1. Defina uma rotina e quais são seus objetivos com os estudos

A fim de montar um bom plano de estudos, é essencial que você crie uma rotina para fazer as leituras, os exercícios e outras atividades voltadas para o aprendizado. Isso quer dizer que você deverá ter o compromisso de estudar para atingir o seu objetivo, que pode ser, entre outras coisas:

  • aprovação no Enem ou vestibular para começar o curso superior;
  • aprovação em concursos;
  • boas notas em provas de determinada disciplina da faculdade.

Ter clareza em seu objetivo vai ajudá-lo a direcionar os seus esforços. Dessa maneira, fica mais fácil dedicar duas ou três horas diárias destinadas a repassar os conteúdos.

Apesar de ser importante delimitar os horários de estudo, saiba que você pode aproveitar também outros momentos disponíveis. Pode ler sobre um assunto enquanto espera o ônibus, por exemplo. Se você trabalha, aproveite o horário de almoço e faça uma revisão.

2. Estabeleça o cronograma de estudos

Depois que estabelecer uma rotina, o próximo passo para a elaboração de um plano de estudos é criar um cronograma: utilize uma planilha — feita à mão ou no computador — e defina as matérias que serão estudadas em cada dia da semana.

Quando o aluno pega qualquer disciplina para estudar sem ter uma organização, acaba deixando temas importantes de lado ou repassando mais de uma vez assuntos com os quais tem facilidade.

Por isso, a palavra de ordem aqui é organização. Com os horários organizados, você consegue estudar e revisar todo o conteúdo e, como consequência, suas chances de ser bem-sucedido nos exames aumentam.

Pequenas pausas

No cronograma, defina pequenas pausas para você levantar da cadeira, alongar-se, tomar água ou fazer um lanche. Muita gente acha que é perda de tempo, mas saiba que esses momentos são importantes para relaxar e ter mais ânimo para retomar o ritmo.

3. Respeite seu relógio biológico

Caso seja possível, procure estudar em horas que respeitem o seu relógio biológico. O cansaço ou o sono vão atrapalhar os estudos, então selecione os horários em que terá mais disposição.

Se você tem mais disposição pela manhã, aposte no começo do dia e pegue firme nas matérias. Agora, se você é mais noturno, que tal aproveitar o sossego da noite e caprichar nos exercícios e nas leituras?

4. Foque em matérias em que tenha mais dificuldade

Na hora de montar o cronograma, você pode reservar um tempo maior para as matérias que considera mais difíceis e que vão exigir um reforço nos estudos.

Por exemplo: se a Matemática pede mais de você, por que não destinar meia hora a mais de estudos todos os dias para fazer os exercícios? Quanto mais você treinar, mais vai se familiarizar com as matérias e estar preparado para as questões da prova.

A tecnologia pode dar uma força nesse caso. Hoje, você encontra videoaulas na internet, o que pode facilitar o entendimento de um tema que acha complicado. Estudar a matéria com um formato diferente pode ser uma boa alternativa no seu plano de estudos.

5. Faça revisão dos temas estudados

Muitos alunos deixam de lado a revisão, mas é fundamental repassar todos os assuntos, de modo que seu cérebro consiga assimilar o que foi estudado. Você pode dedicar um dia da semana, por exemplo, somente para a revisão.

Inclusive, é uma boa oportunidade de você saber como está o seu desempenho em relação a todas matérias e quais exigem uma dedicação maior de estudos.

Se preferir, junte-se a um grupo de amigos para fazer a revisão. Um pode ajudar o outro, o que torna a rotina de preparação para a prova mais descontraída. Mas atenção: estudar em grupo não significa dispersão. Tenha foco em seu objetivo!

6. Defina metas diárias de aprendizado

Uma boa dica para ter certeza de que os estudos estão rendendo é estipular metas diárias. Alguns pontos que você pode definir são:

  • número mínimo de assuntos a ler;
  • quantidade de exercícios a fazer;
  • número de videoaulas a acompanhar.

É importante estabelecer o que deve ser feito em cada dia, até mesmo com o intuito de ajudar na organização — diante de tantos conteúdos para repassar como em um vestibular ou concurso. Assim, é possível esticar um pouquinho o horário reservado para os estudos caso não tenha alcançado as metas.

O ser humano é movido a desafios, por isso, quando você cumprir o que estabeleceu para aquele dia se sentirá mais motivado a alcançar o seu objetivo.

7. Fique longe das distrações

Para que seu plano de estudos dê certo, é necessário se afastar das distrações. Em primeiro lugar: escolha um local tranquilo e avise as pessoas que você não pode ser interrompido. Se não for possível encontrar um ambiente assim na sua casa, vá até a biblioteca, onde o silêncio é garantido.

Desligue ou guarde em uma bolsa os eletrônicos — como tablet e smartphone. Somente deixar no silencioso não é indicado porque os aparelhos podem vibrar ou emitir luzes quando você receber alguma mensagem. Pode parecer bobagem, mas detalhes como esses vão tirar a sua concentração e roubar parte do seu tempo.

Viu só como é possível ter um bom desempenho nos estudos rumo à conquista do seu objetivo? É tudo questão de organização — com um plano de estudos, você consegue se disciplinar e não se perder em meio a tantos assuntos diferentes.

Gostou das nossas dicas para se dar bem nas provas? Então compartilhe este post com seus amigos nas redes sociais. Assim, eles também podem começar a se planejar na hora de estudar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This