7 dicas para você desvendar e enfrentar o medo do TCC

Só de pensar na monografia já dá um frio na barriga, não é verdade? Esse sentimento é mais que natural, uma vez que a elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso pode ser bem complexa. Sem falar que ainda é preciso se preparar para a apresentação, o que também deixa muita gente de cabelo em pé. Mas não se preocupe, porque você não está sozinho. Sentir um certo medo do TCC é normal!

O que você tem que saber é que é sim possível superar os receios, a timidez e até mesmo a pressão de professores e familiares. Que tal fazermos isso juntos? Neste post, trouxemos 7 dicas para você desvendar os mistérios do Trabalho de Conclusão de Curso e vencer esse desafio! Quer deixar tudo mais simples e enfrentar o medo do TCC? Acompanhe!

1. Comece o TCC com antecedência

Pode acreditar: quanto antes você começar a se planejar, mais fluida será a elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso. Quer um exemplo? Os melhores professores orientadores costumam ser bastante disputados, uma vez que precisam limitar seu grupo a certa quantidade de alunos por semestre. Quem começa a pensar no TCC com antecedência, portanto, tem mais chances de conseguir uma boa orientação.

Além disso, redigir a monografia com pressa é muito mais difícil, pois a autocobrança e a pressão se tornam maiores. Por outro lado, quando você se prepara com tempo, fica mais fácil encaixar o TCC na rotina que já leva atualmente, só fazendo pequenos ajustes na agenda para encaixar essa nova tarefa.

2. Escolha um tema pelo qual tem paixão

Muitos estudantes encaram o Trabalho de Conclusão de Curso como uma obrigação chata que precisa ser cumprida para a obtenção do diploma. O grande problema dessa perspectiva é que, pensando assim, o aluno acaba tendo dificuldade para se organizar na hora de fazer a monografia. Afinal, não há disciplina sem motivação.

Quer saber qual é o melhor antídoto contra esse tipo de empecilho? Simples: escolher um tema de que você realmente goste. Isso fará com que, mesmo nos momentos mais desafiadores, você tenha vontade de ver o trabalho concluído. Não tem segredo: basta optar por um assunto que faça seus olhos brilharem!

3. Convide um professor amigável

O orientador tem um papel fundamental em toda a elaboração do TCC. É claro que ele não vai colocar a mão na massa no seu lugar, mas vocês conviverão constantemente, desde a definição do título do trabalho até o dia da apresentação. Sendo assim, nada de convidar um professor só porque ele é renomado ou porque é uma autoridade da área, ok?

Você não precisa ser amigo do professor, mas é muito importante que orientador e orientado simpatizem um com o outro. Por isso, convide alguém que você considere amigável. Isso fará com que a elaboração da monografia seja mais leve e prazerosa.

4. Crie uma rotina de escrita

Depois de definir o tema do TCC e conseguir um bom orientador, chega a hora da redação. Como você sabe, esse é um trabalho um tanto extenso, exigindo a escrita de um número razoável de páginas todas as semanas. Essa missão fica bem mais simples se você cria uma rotina.

Existem aqui 2 opções: você pode definir o número de páginas a serem escritas por dia ou o número de horas diárias dedicadas à monografia. A partir daí, faça testes para checar se a meta estipulada é possível de cumprir.

Ajuste sua meta aos poucos, sempre buscando o equilíbrio entre um bom ritmo de produção e o tempo que você tem disponível. Uma vez que a rotina já está estabelecida, a tendência é que sua produtividade aumente bastante. Pronto para se tornar um mestre da escrita?

5. Converse com a banca

Pausa para uma ótima notícia: tão temida pelos estudantes, a banca é composta de seres humanos, todos de carne e osso, assim como você! Pode ter certeza que os professores que avaliarão sua monografia terão um olhar imparcial, realmente focado no trabalho feito. A intenção deles nunca é reprovar alguém por pura rigidez.

Por causa do medo do TCC, a maior parte dos alunos esquece que é possível conversar com a banca. Então saiba desde já: se necessário, você pode pedir pequenas dicas a eles antes mesmo de terminar o trabalho. Durante a apresentação, dialogue com eles de maneira natural, sem se preocupar demais com formalidades, a ponto de prejudicar o conteúdo.

6. Ensaie a apresentação

Repassar a apresentação em casa, por conta própria, ajuda muito a incorporar aquilo que deve ser dito diante da banca. Mas isso não significa que você tem que agir como um robô, ok? Muito pelo contrário, aliás, quanto maior for seu domínio sobre os slides, mais naturalidade você terá na hora H.

Muitas vezes, além dos professores da banca, também estão presentes colegas ou familiares. Por não querer decepcionar essas pessoas, é comum que o estudante fique ainda mais nervoso. Então que tal convidar algum desses amigos ou parentes para assistir ao ensaio da sua apresentação? Assim, o medo diminui!

7. Aceite o nervosismo

Quem é que disse que não é permitido ficar tenso? Já pensou que seu orientador e os professores da banca também já precisaram apresentar um trabalho importante? Pode ter certeza que eles também sentiram essa inquietação. O mesmo vale para seus familiares e amigos: todos eles já sofreram com a ansiedade em diversos momentos da vida.

Na verdade, ficar nervoso é o mais esperado para um momento como esse. Isso mostra que você realmente se importa com o TCC e que quer apresentar um bom trabalho. Por isso, abrace o nervosismo e observe que ele é algo natural! Não há absolutamente nada de errado em se sentir ansioso.

Como vimos ao longo deste post, o caminho para uma boa entrega no Trabalho de Conclusão de Curso fica mais fácil quando você se organiza desde cedo. Então separe um tempo para reler as dicas que passamos aqui e se planeje para colocar cada uma delas em prática! Assim, você conseguirá superar o medo do TCC.

Por fim, se você está pensando na monografia, é bem provável que já esteja na reta final da sua graduação, certo? Então aproveite para ler também sobre o que fazer depois da faculdade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This