6 motivos decisivos para seguir carreira em Enfermagem

Chegou aquele tão esperado (e, às vezes, até temido) momento de finalmente escolher sua carreira? A proximidade do vestibular vai dando aquele friozinho na barriga, não é mesmo? E não é à toa! Afinal, a pressão de ter que decidir por um entre tantos caminhos possíveis é muita. A escolha do curso universitário exige muita pesquisa sobre o funcionamento de cada área e as condições do mercado de trabalho, além de uma boa dose de autoconhecimento.

Segundo pesquisa do IBGE, apenas 5% dos estudantes brasileiros que prestam o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) têm segurança sobre a área que desejam cursar. Mas e você? Por acaso anda pensando em seguir carreira em Enfermagem, só que ainda não conhece tão bem os prós e contras da profissão? Pois este post o ajudará a tirar todas as suas dúvidas. Confira agora mesmo 6 ótimos motivos para você cursar Enfermagem!

1. A carreira em Enfermagem está sempre em alta

Na prática, a Enfermagem é uma atividade sem altos e baixos. E não é difícil entender o motivo, já que o ser humano sempre precisará de atenção na área de saúde, independentemente do momento da economia ou da sua própria vida!

Além disso, diferentemente de outros setores, mais sensíveis à chegada da tecnologia na substituição de mão de obra, quem é do segmento sabe que a carreira em Enfermagem não tem como acabar por força das inovações. Nesse contexto, cabe ao profissional apenas se atualizar.

Segundo pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a carreira em Enfermagem está no Top 10 entre as áreas que mais cresceram durante a crise econômica. Isso reforça a ideia de que se trata de uma das raras ocupações alheias a questões macroeconômicas, a tendências de consumo ou a demais fatores externos.

2. O campo de atuação é extremamente vasto

A carreira em Enfermagem é, sem dúvida, uma das que apresentam maior amplitude em seu raio de atuação. E essa característica é particularmente interessante para quem tem um perfil mais versátil e proativo, quem deseja ter um extenso leque de opções dentre as quais escolher, podendo até migrar ao longo de sua trajetória.

Você pode ser um profissional generalista, um enfermeiro tradicional, que atua no atendimento de hospitais e prontos-socorros, bem como pode trabalhar em salas de aula, nas universidades, faculdades e escolas de nível técnico. Existe também a possibilidade de exercer seus conhecimentos como pesquisador, na atenção aos idosos (geriatria e home care) ou em empresas, acompanhando a saúde dos trabalhadores.

Mas acredite: há ainda muitas outras vertentes. Veja só algumas das áreas que necessitam de enfermeiros:

  • saúde pública: educação e consultoria aos cidadãos sobre prevenção de doenças e ações para melhoria da qualidade de vida;
  • auditoria: análise de documentações hospitalares, liberação de procedimentos em operadoras de planos de saúde, avaliação de protocolos e procedimentos em centros de saúde;
  • obstetrícia: acompanhamento a grávidas durante todo o processo de gestação;
  • clínica/cirúrgica: atuação em cirurgias e procedimentos clínicos;
  • gestão de unidades de saúde: a visão particularmente sistêmica do enfermeiro faz com que ele seja o profissional ideal para a Gestão Hospitalar em centros de saúde.

Com isso, deu para perceber que, desde que você seja um bom profissional, emprego não faltará, certo?

3. Os salários costumam ser bons

Um profissional que segue carreira em Enfermagem e se emprega em uma instituição de saúde de prestígio costuma receber acima de 5 mil reais para uma jornada de 6 horas de trabalho. Caso ocupe uma função de supervisão ou coordenação, essa remuneração pode chegar próxima dos 10 mil.

De acordo com um levantamento do Conselho Regional de Enfermagem do Distrito Federal (Coren-DF), a carga horária semanal de trabalho dos enfermeiros varia entre 30 e 40 horas, em média, sendo mais frequente observar a jornada de 36 horas por semana. Já as jornadas diárias flutuam entre 6, 8 e 12 por 36 horas ou, em alguns casos, jornadas de 4 dias de 6 horas e 1 dia de 12 horas.

É evidente que, em uma jornada de 6 horas diárias, é possível ampliar ainda mais seus rendimentos, trabalhando em mais de uma instituição. Perceba, portanto, que se trata de uma profissão com salário interessante, possibilidades de duplicação de proventos e liberdade para escolher seus ganhos mensais de acordo com a jornada planejada.

A depender da natureza do posto de trabalho, será devido ainda o adicional de insalubridade — compensação financeira ao trabalhador que se expõe regularmente a agentes nocivos à sua própria saúde. Isso de acordo com o Anexo XIV da NR-15, regulamentação do Ministério do Trabalho.

4. O trabalho é emocionalmente recompensador

Entre os muitos benefícios de seguir uma carreira em Enfermagem, o retorno emocional é dos mais gratificantes. Quem trabalha no segmento se depara constantemente com seres humanos em seu estado mais extremo de vulnerabilidade, cabendo a esses profissionais atuar, em parceria com a equipe médica, na cura e no conforto emocional dos pacientes.

Essa perspectiva humana, de devolver o sorriso, a alegria e a saúde das pessoas, justifica a escolha por essa profissão que, apesar da alta carga de responsabilidade, é extremamente recompensadora. Você curte ajudar as pessoas? Gosta de fazer o bem? Então vale a pena conhecer profundamente a área, que pode ser a carreira da sua vida!

5. A flexibilidade de horários estende os dias

Como já citamos aqui, a jornada do profissional de Enfermagem é bastante peculiar. E essa característica traz ainda outra vantagem interessante: a possibilidade de ter rotinas completamente diferentes fora do local de trabalho.

Se você optar por trabalhar dentro de uma jornada diária de apenas 6 horas, por exemplo, sobra tempo para fazer uma segunda faculdade, uma especialização ou até ter um negócio próprio — quem sabe, na área de saúde! A Enfermagem proporciona essa liberdade. Então pense bem, porque esse curso pode ser o ideal para você.

6. São muitos os concursos públicos disponíveis

Se você deseja estabilidade em sua vida profissional e financeira, há ainda a opção dos concursos públicos em uma das 308.239 instituições públicas de saúde do país — entre centros de saúde, hospitais, prontos-socorros e assim por diante.

Aqui, além da estabilidade, a remuneração é outro fator bastante atrativo. A título de referência, no último concurso do Estado de Minas Gerais para Oficial de Saúde, que atua junto à Polícia Militar, a remuneração básica inicial dos profissionais aprovados estava na casa dos 8,8 mil reais. Nada mal, não é mesmo?

Como você pôde ver, seguir carreira em Enfermagem tem diversos benefícios! Decidido então o curso a fazer, chegou a hora de se informar sobre períodos de matrícula e documentos necessários para garantir sua vaga na próxima turma. Então entre em contato conosco e tome uma atitude!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This