6 dicas incríveis para conseguir nota máxima na redação do vestibular

Cada vez mais, as pessoas apostam na graduação para melhorar de vida e ter melhores perspectivas para o futuro. E as boas notícias não param por aí! Sabia que atualmente existem inúmeras oportunidades de cursos que podem ser feitos inclusive por quem tem pouco tempo ou dinheiro para investir nos estudos? Até o acesso a bolsas e descontos está facilitado!

Para conquistar um diploma, porém, é preciso primeiramente superar um desafio bastante temido, que exige muito estudo e preparação: passar no processo seletivo. O detalhe é que, nessa etapa prévia, muitos alunos esquecem de dar importância a um item simplesmente fundamental: a redação do vestibular.

Um exemplo concreto dessa falta de preparo é a prova do Enem de 2016. Para você ter uma ideia, de um total de mais de 6 milhões de candidatos que prestaram o exame, apenas 77 conseguiram tirar nota máxima na redação. E acredite: esse número é ainda menor que o do ano anterior, em que só 104 participantes haviam conseguido gabaritar.

Desde já, você precisa se dar conta de que a produção textual tem grande influência na nota final do exame, podendo ser decisiva para sua aprovação. Uma coisa é certa: tirar nota máxima nessa etapa contribui (e muito) para a conquista da tão sonhada vaga em um curso superior. Pronto para essa missão? Então confira agora mesmo 6 dicas incríveis para fechar a redação do vestibular!

1. Conheça o tipo de redação cobrada no vestibular

O tipo e o peso da redação variam de acordo com a instituição para a qual você presta vestibular. Para não ser pego de surpresa, o ideal é fazer uma boa pesquisa, procurando saber que tipo de produção pode ser cobrada na sua prova. A partir daí, você conseguirá direcionar seu preparo, aumentando as chances de gabaritar!

Para dar uma mãozinha, já podemos adiantar que alguns dos tipos textuais mais cobrados em vestibulares são dissertação, descrição e narração. O detalhe é que cada um tem características diferentes em relação a estrutura, linguagem e estilo de escrita. Para aprender e treinar todos os aspectos, comece a se preparar o quanto antes!

2. Leia produções anteriores que tiraram nota máxima

Ao menos dar uma olhadinha em redações que tiveram boas notas é uma forma bem interessante de entender o que os avaliadores costumam exigir. Na avaliação da redação do Enem, por exemplo, os corretores analisam 5 competências:

  1. domínio das normas da língua escrita;
  2. compreensão da proposta de redação;
  3. capacidade de organizar e relacionar informações;
  4. construção da argumentação;
  5. elaboração da proposta de intervenção ao problema exposto.

Ao identificar o cumprimento desses itens em redações que receberam nota máxima, fica mais fácil treinar sua escrita para chegar mais que preparado para a prova. Sabia que na internet há alguns sites com bancos de redações que trazem exemplos corrigidos sobre os mais diversos temas? Então, aproveite!

3. Foque em interpretação de texto e ortografia

Como você viu no tópico anterior, a compreensão da proposta é um item avaliado na correção da redação. É fundamental, portanto, saber interpretar os textos que acompanham a explicação do tema a ser desenvolvido. E não tem como fugir: o aperfeiçoamento dessa habilidade se dá por meio de muita leitura e da resolução de exercícios de interpretação.

A ortografia pode ser entendida como o conjunto de padrões para a forma escrita, o que inclui a grafia correta das palavras, o uso adequado de acentos e da pontuação. Também é preciso dar a devida atenção para o último acordo ortográfico, que estabeleceu algumas mudanças já exigidas na maioria das provas.

4. Adquira o hábito da leitura o quanto antes

Para ser um bom escritor, é preciso primeiramente ser um bom leitor. Então anote aí: fica muito mais fácil conseguir tirar nota máxima na redação se você entende a importância da leitura. Então trate de criar esse hábito o quanto antes!

Só dessa forma é possível adquirir habilidades de linguagem e construção de raciocínio, bem como um bom repertório de palavras para transferir ideias para o papel. Isso sem falar na familiaridade com as regras da língua que a leitura proporciona, além, é claro, da atualização de conhecimentos para dominar os possíveis temas da redação.

5. Pratique bastante e estabeleça metas semanais

É fato: os alunos que tiram nota máxima na redação do vestibular costumam escrever muito durante sua preparação. A dica aqui é se dedicar e treinar bastante, produzindo ao menos um texto por semana. Afinal de contas, para aperfeiçoar sua escrita, nada substitui a prática.

Esse treinamento intensivo não só o acostuma com o desenvolvimento da estrutura de uma boa redação como pode fazê-lo se deparar, no dia da prova, com algum tema sobre o qual já escreveu antes. Aí a tarefa fica bem mais tranquila, não concorda? A recomendação é criar metas semanais com o número de redações que acredita ser suficiente para uma boa preparação. Dessa forma, você se motiva e garante uma escrita digna de nota máxima!

6. Preste atenção ao tempo de prova

A verdade é que pouco adianta toda essa preparação se você se esquece de um item fundamental para fazer uma boa prova: o planejamento do tempo. Ao traçar um plano, você consegue administrar o exame de forma inteligente, o que vai permitir que tenha o desempenho esperado em todas as disciplinas.

É preciso lembrar que a redação ocupa um período significativo da prova. Pensando justamente nisso, calcule anteriormente quanto tempo você terá disponível para se dedicar a essa parte e, a partir daí, treine muito para conseguir cumprir tudo dentro do plano.

Colocando em prática todas essas dicas, você aumenta consideravelmente suas chances de alcançar nota máxima na redação do vestibular. E, como já sabe, o sucesso nessa etapa tem um impacto determinante no resultado da prova. Com isso, portanto, você chega mais perto de conseguir entrar para um curso de graduação!

Por fim, se gostou das dicas que demos neste post, não pare por aí! Aproveite para assinar a nossa newsletter e se manter informado a respeito de processos seletivos, oportunidades do mercado de trabalho e, claro, nossos cursos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This